Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Line Records começa 2003 investindo em pop e sertanejo

Divulgação
Em seu 1º CD, Erlon investe na música sertaneja. No começo da carreira, o cantor imitava Leandro, cuja voz é bem semelhante à dele
Os compositores Beno Cesar e Solange de Cesar são o ponto de intercessão entre os cantores Erlon e Edilson Maia, os primeiros a lançarem novos discos pela Line Records em 2003. O casal - especialista em louvores e canções românticas, com músicas freqüentemente gravadas por diversos artistas gospel, como Cristina Mel e Gerson Cardozo - assina quatro faixas do CD de Erlon, Criança Aos Meus Olhos: Homem de Nazaré, Banco de Praça, Conta pra Ele e Não Chore Maria; contra duas em O Perdão, disco de Edilson: Somos Um e Sempre Te Servirei.
Outra semelhança entre os dois trabalhos está na qualidade dos profissionais contratados para dar suporte às gravações. Enquanto Erlon convocou o maestro e compositor Tonny Sabetta para produzir Criança Aos Meus Olhos (ele também assina duas faixas, Louvor Ao Senhor Jesus e Hoje Sou Feliz), em O Perdão a produção é de Pedro Bracannot, ex-Rebanhão, que há muitos anos trabalha com Aline Barros. Já no quesito músicos Edilson Maia está alguns pontos na frente. Nomes experientes, que atuam também no mercado secular, marcam presença em seu disco, como o saxofonista Zé Canuto, o baterista Cláudio Infante, o trombonista Bira e o violonista e guitarrista Pablo Tchies.
Mas as semelhanças entre os dois terminam aí. O gaúcho Erlon está lançando seu primeiro CD por uma gravadora, depois de lançar Somos Assim, disco gospel romântico gravado de forma independente por ele e Paulinho, com quem formava uma dupla sertaneja. O ritmo já acompanha Erlon há muitos anos: ele, que tem uma voz parecida com a de Leonardo, a quem inclusive ele imitava no início da carreira, começou a vida artística cantando em bandas e duplas em rodeios no Rio Grande do Sul. Em seu disco, o ritmo está presente em músicas como Canção do Terceiro Milênio - gravada anteriormente pelo próprio Leonardo - e Homem de Nazaré. Já em Banco de Praça, é impossível não lembrar do hit de Bruno & Marrone, Dormi na Praça, mais pela letra ("Quase dormi num banco de praça / Eu já vivi uma vida sem graça") que pelo ritmo, que aqui é mais lento, embora também sertanejo. A faixa-título, versão do bispo Macedo para Always Be A Child, de Ray Boltz e Steve Milikan, foi escolhida pela Line como a primeira música de trabalho, e vem tendo boa execução nas rádios.
Em Não Chore Maria, Erlon divide os vocais com Dailane Lopes, cuja voz remete às cantores populares gospel como Cassiane e Shirley Carvalhaes. Erlon, que também é marceneiro, assina três faixas: Quem Vai Cuidar de Mim, Não Vale A Pena Sofrer e Dose Mais Forte. O disco acaba na 12a faixa, uma bela oração realizada por um bispo da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). A intenção era que a oração fosse realizada pelo bispo Clodomir Santos, na época da gravação líder da IURD em São Paulo e presidente da Rede Record, mas os compromissos fizeram com que ele fosse substituído pelo bispo Delmar. "Qualquer pessoa que fizesse uma oração maravilhosa como essa me deixaria feliz. O objetivo é abençoar vidas", diz Erlon, que no dia 16 de fevereiro estará em Angra dos Reis, no estado do Rio, para promover o CD.

Firmando-se como cantor

O fluminense Edilson Maia é mais experiente na música evangélica. Conhecido como compositor, Edilson começa cada vez mais a se dedicar à sua veia de intérprete. Em O Perdão - seu terceiro disco, lançado após o sucesso de Livre Agora Sou e Abra O Coração, que emplacaram várias músicas nas rádios, como Milagre, Passeia Espírito Santo e Motivo pra Viver - o cantor apresenta nove faixas inéditas, sendo sete autorais: O Perdão, Alegria do Crente, O Lado Bom, Aqui Estou, O Céu É O Lugar, Tua Palavra Nos Diz e Eu Peço A Ti; e duas da dupla Beno & Solange: a romântica Somos Um e o louvor Sempre Te Adorarei. O repertório é completado com a regravação de Uma Chance, de Gilberto Campos, uma nova versão de Quantas Noites, do próprio Edilson, e a releitura do hino de igreja Sou Feliz.
Quanto à sonoridade, Edilson envereda pela linha pop-adulto, como Álvaro Tito e Sérgio Lopes. Lançado o disco, o cantor começa a se preocupar com a divulgação. Ele já possui uma extensa agenda a cumprir, com viagens marcadas para Manaus, Vitória, Belo Horizonte, Natal, Rio, São Paulo e Maceió.


Veja mais:


   Disco:  O Perdão - Edilson Maia e Criança Aos Meu Olhos - Erlon
     Ficha técnica, faixas e compositores
 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções