Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Trinta anos comemorados com ineditismo

Divulgação
Amado Batista preferia ter comemorado os 30 anos de carreira, completados em 2005, gravando um disco ao vivo. Mas, como fez isso em 2004, só restou um CD de inéditas. “Vou ter o mesmo sucesso”, garante o cantor
Por Marcos Paulo Bin
27/10/2005

Um dos artistas mais populares do Brasil, Amado Batista está completando 30 anos de carreira. A comemoração, naturalmente, é em forma de música, mas de um modo diferente. Em vez de um disco com os maiores sucessos, o goiano de Catalão está lançado 30 Anos... de Carreira (Warner), CD com 14 músicas inéditas.

É verdade que este não era bem o desejo de Amado Batista, que este ano queria mesmo um trabalho retrospectivo. Mas em 2004 o cantor lançou o CD e DVD É o Show, com o registro ao vivo de diversos hits. Para 2005, então, não restou outra alternativa senão um disco de músicas inéditas.

“Acabei antecipando a comemoração no ano passado”, brinca Amado Batista. “Havia chegado a hora de gravar um DVD, não tinha como esperar para este ano. E deu muito certo, tanto que o CD e o DVD ganharam disco de platina. Agora vou ter o mesmo sucesso. Sempre me dei bem cantando músicas inéditas.”

A primeira aposta de Amado Batista em 30 Anos... de Sucesso é a canção Nossa Senhora Aparecida (Oh Mãe Querida), um pop-rock composto por J.B. Jô. É a primeira vez que Amado grava uma música do compositor.

“Essa é uma música religiosa que fala do amor de uma forma diferente. Foi uma grande idéia dele”, derrete-se o cantor, que já separou mais uma música de J.B. Jô para seu próximo disco.

País do romantismo e do mensalão

Amado Batista conta que a idéia de escolher Nossa Senhora Aparecida como a primeira faixa de trabalho deveu-se à época de lançamento do CD, final de setembro.

“Tem o dia de Nossa Senhora, em outubro, e em dezembro vêm Natal e Ano-Novo. É uma época em que as pessoas têm um sentimento de confraternização. Vamos trabalhar essa música até o final do ano”, adianta Amado Batista, que, embora seja católico, mantém certa distância em relação ao tema da música. “Eu vejo como o mito. Fiz um show referente aos 150 anos da morte de Padre Cícero, onde cantei para mais de 100 mil pessoas. É impressionante a força que o santo tem entre o povo. É uma situação mais ou menos igual àquela vivida pelo artista em relação ao fã.”

Outra música que se destaca no CD é No Meu País É Assim, de José Fernandes, autor de grandes sucessos na voz de Amado Batista, como Princesa e Seresteiro das Noites. Numa época em que o Brasil vive escândalos políticos e a população mostra-se descrente no governo, Amado Batista canta um país idealizado, de “romantismo e canções apaixonadas”.

“Não há só isso, mas o Brasil também é assim, romântico. O brasileiro ama muito. Se eu estou aqui há 30 anos cantando músicas românticas, é porque dá certo”, pondera o cantor.

Como revelou na última entrevista ao U.M., Amado Batista ainda sonha com um disco de regravações, nos moldes dos dois lançados por Leonardo. Ele também está montando uma super-estrutura para a turnê do novo disco, que começa em 2006 e deve ter muitos efeitos no palco. Mas, por enquanto, suas atenções estão voltadas para a divulgação do disco comemorativo aos 30 anos de carreira e a estréia dos filhos Erich e Bruno como cantores sertanejos. Ou quase isso.

“As pessoas dizem que o estilo deles é sertanejo. Acho o título errado; não existe mais música verdadeiramente sertaneja no Brasil. Mas o importante é que dê certo”, diz Amado, com a sinceridade habitual.



Veja mais:


   Disco:  30 Anos... de Carreira
     Ficha técnica, faixas e compositores

Matérias relacionadas:

  Amado Batista reúne sucessos em DVD e CD duplo


Resenhas relacionadas:

  É O Show
 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções