Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Elétricos e sensuais

Divulgação/Flavio Colker
Bruno Fortunato, Paula Toller e George Israel voltam à eletricidade no CD e DVD Pega Vida, mas sem deixar os elementos acústicos. “Misturamos violões com guitarras desde 1989”, lembra Paula Toller
Galeria de fotos

Por Marcos Paulo Bin
18/08/2005


O Kid Abelha passou quase três anos lembrando antigos sucessos na turnê do CD e do DVD Acústico MTV, lançados em 2002. Em maio de 2005, Paula Toller, George Israel e Bruno Fortunato apresentaram sua nova safra de composições no CD Pega Vida (Universal), que recentemente ganhou uma versão em DVD ao vivo.

Tanto tempo na estrada com a mesma turnê, naturalmente, trouxe mudanças à banda. Para Paula Toller, os principais reflexos do Acústico MTV estão no palco.

“O maior ganho que tivemos nesse período foi a melhora da performance musical ao vivo, devido à grande quantidade de ensaios que fizemos. Isto passou a ser um padrão para a gravação de Pega Vida”, avalia.

A cantora admite que o novo CD traz muitos ecos do trabalho anterior, principalmente pela presença de elementos acústicos em meio aos instrumentos elétricos, que estão de volta. Mas lembra que isso não vem de hoje.

“Misturamos violões com guitarras desde o disco Kid, de 1989. É uma sonoridade que combina bem com minha voz, mas nós não racionalizamos essas decisões. Escolhemos intuitivamente os instrumentos mais adequados às canções. Quando começamos a compor para o novo disco, não houve disposição, a priori, para ser ou não ser acústico”, explica.

Nas letras, o Kid Abelha acentua a sensualidade que sempre marcou a obra do grupo, mas estava espaçada entre os discos. Com leveza e bom humor, em Pega Vida o trio fala do relacionamento humano sob vários aspectos, especialmente o sexo. Os títulos das músicas já transmitem essa idéia: Poligamia, Pega Vida, Peito Aberto, Duas Casas, Eutransoelatransa, Strip-Tease.

“Minha expressão poética mais interessante e diferenciada tem as relações humanas e sensuais como tema recorrente. Ninguém controla isso”, resume Paula.

A letra que mais desperta a atenção no disco é a de Eutransoelatransa. Com referências a Gilberto Gil, Guinga, Tom Jobim e Beatles, a canção – escrita por Paula e musicada por George Israel – fala explicitamente de sexo, mas de uma forma inteligente e marota.

“Esta é uma letra muito elaborada sobre diferenças entre homem e mulher, cuja idéia inicial eu tinha há muito tempo, e foi uma das mais difíceis de musicar durante a gravação. Tudo começou com as frases ‘Quando quero preciso transar/ Quando transo preciso querer’”, conta Paula, referindo-se aos versos iniciais da canção.

As letras de Pega Vida também mostram um Kid Abelha mais maduro. A faixa que abre o disco, Eu Tou Tentando (“Eu tou tentando tirar o atraso/ Eu tou tentando te dar um abraço/ Eu tou penando pra driblar o fracasso/ Eu tou brigando pra enfrentar o cagaço”), pode surpreender os que torcem o nariz para o grupo, talvez o menos roqueiro de sua geração, conhecido por letras leves e inocentes como as de Pintura Íntima e Alice.

“Escrevo para me expressar e estimular o ouvido e o cérebro de quem ouve. Muitas pessoas correspondem a esse estímulo; outras, não”, diz Paula Toller, que não vê essa mudança como uma tentativa de conquistar novos públicos. “Nós nunca corremos atrás de nenhum público específico. Minha preocupação é ser cada vez mais direta e escrever com total liberdade, sem medo de julgamentos.”

DVD de músicas inéditas

O sucesso do DVD acústico estimulou o Kid Abelha a gravar novamente nesse formato. Mas Pega Vida Ao Vivo, diferentemente do disco anterior, não traz novas versões para antigos sucessos. No show, gravado em duas casas de São Paulo, estão todas as músicas do CD, a regravação de Teletema, de Antônio Adolfo e Tibério Gaspar, registrada pelo Kid no CD Coleção, e uma releitura para Aumenta Que Isso Aí É Rock and Roll, clássico de Celso Blues Boy.

Em estúdio, Paula, George e Bruno tocam duas músicas com o cantor e compositor americano Donavon Frankenreiter: The Free Ride, versão em inglês para O Rei do Salão, que o Kid Abelha gravou no CD Surf; e It Don’t Matter, de Donavon. Também há o clipe de Poligamia e versões acústicas, tocadas somente pelo trio, para as músicas Por Que Eu Não Desisto de Você, Peito Aberto e Pega Vida.

Paula Toller diz que o Kid Abelha se colocou à prova gravando um DVD ao vivo sem os hits da banda.

“Tínhamos acabado de lançar um DVD de sucessos. Nosso entusiasmo era para tocar o repertório novo para ouvidos ‘virgens’. Uma banda marca seu lugar na história da música pelo trabalho inédito, não pelas repetições”, afirma a cantora, certa de que o disco terá êxito comercial, mesmo com um repertório quase todo de músicas novas. “Estamos trabalhando para isto, apesar de não estabelecermos metas de vendagem. Tenho convicção de que o público gosta de novidade, gosta de ser estimulado.”


Veja mais:


  Kid Abelha lança CD e DVD Pega Vida no Claro Hall
   Disco:  Pega Vida
     Ficha técnica, faixas e compositores





Matérias relacionadas:

  Kid Abelha comemora sucesso de ‘Acústico MTV’
  Kid Abelha grava seu segundo acústico


Resenhas relacionadas:

  Pega Vida

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções