Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Tempo de filé mignon

Divulgação/Drico Mello
A banda Cachorro Grande e seu visual mod: terno preto e gravata. “Já adotávamos o estilo mod-rock muito antes de virar moda”, diz o vocalista Beto Bruno

Por Marcos Paulo Bin
18/07/2005


Chega de roer osso. O tempo é de filé mignon para o Cachorro Grande. Depois de seis anos batalhando no cenário underground e dois discos independentes, a banda de Porto Alegre lança seu primeiro CD por uma grande gravadora, Pista Livre, da Deckdisc, ao mesmo tempo em que participa do projeto Acústico MTV Bandas Gaúchas, da multinacional Sony-BMG.

Beto Bruno (voz), Marcelo Gross (guitarra), Jerônimo Bocudo (baixo), Pedro Pelotas (piano) e Gabriel “Boizinho” Azambuja (bateria) encaram o CD e DVD acústicos como uma chance de desmistificar a “cena gaúcha” e ampliar a visibilidade da banda. Mas estão focados mesmo em Pista Livre, disco que mantém as características que fizeram a fama do quinteto na cena indie – os vocais berrados de Beto Bruno, as letras despojadas, o espírito rebelde do rock ‘n’ roll permeando as melodias – mas com um acabamento muito mais refinado.

Com 12 faixas inéditas, compostas pela própria banda, Pista Livre foi masterizado em Abbey Road (famoso estúdio dos Beatles) por Chris Blair – que trabalhou com Supergrass e Radiohead – resultando numa qualidade sonora excepcional. A faixa Interligado conta com a presença de quarteto de cordas e arranjos do mestre Jota Moraes. O velho amigo e fã Lobão, que lançou em sua revista “Outra Coisa” o segundo álbum do Cachorro Grande, As Próximas Horas Serão Muito Boas, participa da irada Agora Eu Tô Bem Louco.

A primeira faixa de trabalho de Pista Livre, Você Não Sabe o Que Perdeu, está tocando bem nas rádios e o clipe, sendo bastante executado na MTV. A Deckdisc está começando a trabalhar uma nova faixa, a irreverente Desentoa, que em breve deve ganhar clipe também.

A agenda de shows do Cachorro Grande está lotada até o fim do ano. A banca acaba de encerrar uma bem-sucedida temporada no Rio de Janeiro, de onde seguiu para São Paulo e o Rio Grande do Sul.

Tanto frisson em menos de um ano não parece ter subido à cabeça da trupe.

“Estamos centrados no nosso trabalho. Se tudo isso rolasse no nosso primeiro disco, talvez estivéssemos deslumbrados. Mas já vimos muita coisa nesse estrada. Hoje nada sobe à nossa cabeça”, diz o vocalista Beto Bruno.

Terno e gravata

O Cachorro Grande vem chamando a atenção não só pela música. O quinteto adota o visual mod – terno preto e gravata, usados até mesmo nos shows – que foi criado pelos roqueiros londrinos nos anos 60 e voltou a estar em voga. A estampa faz o grupo ser comparado constantemente à banda The Hives, mas, segundo Beto Bruno, o visual e as influências musicais do Cachorro Grande vêm de outras épocas.

“Fomos influenciados pelos Beatles e outras bandas sessentistas que se vestiam assim. Já adotávamos o estilo mod-rock muito antes de virar moda”, garante o vocalista.

Sobre o som, o cantor também faz questão de dissipar comparações e definições errôneas. Ele renega o rótulo “retrô” ou qualquer outro que vem sendo aplicado à banda, cuja sonoridade realmente é difícil de ser enquadrada nos moldes atuais.

“Nosso som é contemporâneo. Não temos preocupação de soar retrô ou moderno. Nós só fazemos rock ‘n’ roll, e isso é estranho numa época em que tantas bandas fazem rock disso ou rock daquilo”, dispara Beto Bruno, com a mesma sinceridade que imprime nas suas letras.

Como dizem os versos de Interligado, uma das músicas que Beto compôs, “tudo que está acontecendo não é por acaso”.


Veja mais:


   Disco:  Pista Livre
     Ficha técnica, faixas e compositores

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções