Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Medo só de ladrão

Marcos Paulo Bin
Em uma entrevista coletiva, Pedro Mariano disse que não quis chamar a irmã Maria Rita para participar da homenagem que fez a Elis Regina. “Essa necessidade de juntar a família vem dos outros, não de nós”, argumentou
Galeria de fotos

Por Marcos Paulo Bin
11/07/2005


Este é um ano de comemoração dupla para Pedro Mariano: são 30 anos de vida e 10 de carreira. Além disso, sua mãe, Elis Regina, completaria 60 anos em 2005. Todos esses elementos estão presentes em Ao Vivo, 4º CD solo do cantor, que marca sua estréia na Universal, após passagens pela Sony e pela Trama. Em agosto será lançada a versão em DVD, o primeiro de sua discografia.

Os 10 anos de estrada são representados na releitura dos principais sucessos que Pedro acumulou nesse tempo. O CD traz novas versões para os hits Voz no Ouvido, Pode Ser, Tem Dó, Livre pra Viver e Fazendo Música, Jogando Bola, cover de Pepeu Gomes. Os fãs mais fiéis podem curtir a regravação de Nau, a primeira demo gravada por Pedro Mariano e registrada anos depois em seu primeiro CD.

Em Ao Vivo, pela primeira vez o cantor faz uma homenagem explícita à mãe. Do repertório gravado por Elis, ele resgata Aos Nossos Filhos, É com Esse Que Eu Vou, Ladeira da Preguiça, Cai Dentro e Como Nossos Pais. Pedro, que sempre gravava uma ou duas músicas famosas da mãe em seus discos, acredita que agora estava pronto para mergulhar mais fundo no universo de Elis.

“As pessoas sempre cobraram isso, sempre me compararam a ela. Dez anos depois, não me encho mais; já engoli sapo o suficiente. Hoje eu tenho medo de ladrão, não de comparação”, desabafou o cantor, em entrevista coletiva numa loja de discos do Rio.

Pedro encara as regravações como uma homenagem. Ele, que mal conheceu a mãe, disse que procurou trazer as músicas para seu universo e interpretá-las de “cara lavada”, sem receios.

“Todos gostam de Elis Regina. A mãe eu não tive, mas a cantora tem que ser reverenciada”, afirma Pedro Mariano, que não esconde a vontade de montar um projeto só com músicas de Elis. “Sei que poderia levar muita porrada se fizesse isso, então coloquei algumas músicas dela no meu disco. Mas isso não vai virar rotina. Foi apenas uma homenagem, relembrando o início da minha carreira.”

Participações de amigas

O critério para escolher essas cinco músicas, segundo Pedro Mariano, foi mais pessoal do que musical. Ele cita como exemplo o samba Cai Dentro, que embora tenha uma levada difícil, diferente de seu estilo, lhe traz recordações bastante íntimas.

“Metade de mim dizia: ‘grava, é legal’. A outra dizia: ‘vai encarar?’. Cai Dentro é uma música do disco Essa Mulher, o que eu mais gosto da minha mãe”, conta.

A música mais difícil de gravar, no entanto, foi a profunda Aos Nossos Filhos. Pedro lembra que, nos ensaios, chorava que nem criança a cada vez que tentava cantá-la.

“Tive que deixar o filho de lado e ser o profissional Pedro Mariano”, recorda-se.

Para dividir esses momentos de emoção, Pedro Mariano convidou as amigas Sandy e Luciana Mello, que cantam com ele, respectivamente, É com Esse Que Eu Vou e Cai Dentro. Sandy foi escolhida depois que Pedro a ouviu “se apropriando” de Águas de Março, que ela cantou em um tributo a Elis. Já Luciana Mello, parceira dos tempos de Artistas Reunidos, na Trama, foi uma escolha meio óbvia para um samba, estilo que ela domina.

“A princípio eu não iria convidar ninguém. Mas o projeto do DVD ficou tão grande que estava pedindo participações. E, para homenagear minha mãe, eu tinha que chamar pessoas amigas, em quem eu confiasse”, explica o cantor, que não cogitou convidar a irmã Maria Rita. “Não tive vontade de chamar, não rolou. Ninguém pergunta para ela porque não me convidou para participar de seu disco. Essa necessidade de juntar a família vem dos outros, não de nós. Nossa família já existe, não precisa do palco para isso.”


Veja mais:


  Cantor tem disco inédito pela EMI
   Disco:  Ao Vivo
     Ficha técnica, faixas e compositores





Matérias relacionadas:

  DVD de Pedro Mariano revela o artista mas esconde o ser humano


Resenhas relacionadas:

  Ao Vivo

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções