Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Nem os russos resistem

Divulgação
Criado há 11 anos, o Weezer tornou-se um dos maiores queridinhos do rock indie. O som do grupo lidera paradas americanas e faz sucesso na Rússia

Por Marcos Paulo Bin
28/06/2005


Nine Inch Nails, Foo Fighters, System of a Down, Coldplay, Green Day, Gorillaz, White Stripes, Offspring, Audioslave... Ninguém foi páreo para o Weezer, que depois de 13 semanas na parada de Modern Rocks da Billboard, atingiu o 1º lugar com Beverly Hills, faixa que abre o quinto trabalho do grupo, Make Believe (Universal).

É a primeira vez que Rivers Cuomo (voz e guitarra), Brian Bell (guitarra e vocais), Scott Shriner (baixo e vocais) e Pat Wilson (bateria) experimentam esse feito. Logo em seu primeiro disco, intitulado simplesmente Weezer e lançado em 1994, o quarteto conseguiu atingir a sexta colocação na mais tradicional parada americana com o single Undone – The Sweater Song.

Depois disso, apenas mais cinco músicas do grupo, incluindo Beverly Hills, chegaram ao Top 10 da Billboard. O single de Beverly Hills já alcançou disco de ouro nos Estados Unidos e o vídeo está sendo exibido até na MTV russa.

Outras músicas de Make Believe também vêm sendo trabalhadas paralelamente mundo afora. Em seu site oficial, a banda afirma que a faixa We Are All On Drugs é uma das mais tocadas de Boston e que na rádio brasileira Brasil 2000, de São Paulo, This Is Such a Pity e Beverly Hills estão na lista de execução.

O Weezer nasceu em Los Angeles, nos Estados Unidos, em 1994. Depois de lançarem um álbum auto-intitulado no mesmo ano – que estourou as faixas The World Has Turned And Left Me Here e Buddy Holly – eles seguiram com Pinkerton (1996), Weezer – The Green Album (2001) e Maladroit (2002). Discos bem-sucedidos que fizeram do Weezer os novos queridinhos do rock alternativo pós-grunge, influenciando uma série de bandas surgidas no final dos anos 90.

Leve sem perder o peso

O mais recente trabalho de Cuomo e cia. mantém a essência dos anteriores. A pegada roqueira característica do grupo fique evidente em faixas como We Are All on Drugs – a melhor do disco – Pardon Me e The Other Way, mas também há bastante leveza.

Faixas como Beverly Hills, This Is Such a Pity, The Damage in Your Heart e Freak Me Out mostram o quarteto em clima de anos 80, de new wave ou “power pop riffs”, como definiu o crítico americano Aidin Vaziri no site Amazon.com.

Perfect Situation
e My Best Friend trazem o quarteto americano para perto do rock britânico contemporâneo, em especial do Oasis, de quem eles já fizeram alguns covers em shows.

Em entrevista ao site americano Chart Attack, Liam Gallagher afirmou gostar do Weezer.

“Eles são aquele tipo de banda que você vê na TV e diz: ‘Eu gostei deles. Acho que são legais.’ Rivers Cuomo é o meu rock star favorito”, disse Liam.

Muitos vêem em Cuomo – ótimo vocalista de rock, dono de uma voz forte e temperamento idem – o motivo do sucesso do Weezer. Mas o grande trunfo da banda é saber alternar, com harmonia, a suavidade da música pop com a agressividade do hard rock, gerando um resultado muito interessante que pode ser exemplificado em faixas como Hold Me e Peace. Músicas com cara de sucesso, como quase todas de Make Believe.

O Weezer faz música pop de bom gosto, que agrada tanto o indie quanto o mainstream. Não è à toa que são uma das bandas mais cultuadas do momento.


Veja mais:


   Disco:  Make Believe
     Ficha técnica, faixas e compositores

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções