Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  A voz que pinta os sucessos do Brasil

Divulgação/L. Campos e C. Costa
Emílio Santiago no Canecão, onde gravou o CD e DVD O Melhor das Aquarelas, sua estréia na Indie Records. Cantor volta ao local em agosto para o início da turnê no Brasil

Por Jailson Roque e Marcos Paulo Bin
20/06/2005


O carioca Emílio Santiago está lançando, pela gravadora Indie Records, o CD e DVD O Melhor das Aquarelas – Ao Vivo, gravados no show realizado em março, no Canecão. Os discos – o primeiro com 15 faixas, o segundo com 21 – reúnem os principais hits da série Aquarela Brasileira, sete álbuns lançados pelo cantor entre os anos de 1988 e 1994.

“Não considero este disco uma retomada”, disse Emílio Santiago, em entrevista coletiva na sede da Indie Records, no Rio. “Aquele foi um período importante da minha carreira. Agora estou fechando um ciclo e iniciando outro.”

O Melhor das Aquarelas
, estréia de Emílio na Indie, traz duas faixas inéditas: os sambas Tempestade em Alto Mar, de Altay Veloso, e Vai e Vem, de Gilson e Meire Peres. Há também uma canção da fase pré-aquarelas, Pelo Amor de Deus, gravada por Emílio em 1982.

Entre muitos hits da série, estão os dois que mais marcaram a carreira de Emílio Santiago: Saigon e Verdade Chinesa. Para o intérprete – que lançou com sucesso essas duas músicas e muitas outras, além de recriar com bastante êxito a obra de inúmeros artistas da MPB – não incomoda o fato de muitas vezes ser lembrado apenas por essas canções.

“Fazer sucesso hoje é muito fácil, o difícil é mantê-lo. Ter Saigon e Verdade Chinesa tocando nas rádios há 10 anos é uma glória”, acredita Emílio Santiago, que aponta Saigon, gravada na Aquarela 2, como sua melhor música.

Discos serão lançados em Angola

Emílio Santiago começou a cantar nos anos 70, participando de um festival universitário. Sua maior oportunidade aconteceu quando chegou às finais de um concurso de calouros realizado no programa de Flávio Cavalcanti, na extinta TV Tupi.

O primeiro compacto do intérprete foi lançado em 1973 e abriu definitivamente as portas do sucesso para ele. Mas o grande momento da carreira, segundo o próprio Emílio, foi em 1982, quando gravou o hit Pelo Amor de Deus.

O intérprete é conhecido por refinadas regravações de grandes compositores da MPB, como o amigo Gilson, que recebe bela homenagem em O Melhor das Aquarelas no pot-pourri Tá Tudo Errado/Lesões Corporais/Cadê Juízo, além de Jorge Aragão (Logo Agora), João Bosco (Desenho de Giz/Papel Marchê), Gonzaguinha (Com a Perna no Mundo/É/O Que É o Que É) e outras feras.

Emílio sempre teve uma grande ligação com a MPB. Para ele, a música popular brasileira cabe em qualquer rádio e é o que faz os artistas se sobressaírem no exterior. Sobre a difusão de seu trabalho e da Música Popular Brasileira no dial, o cantor se mostra satisfeito e despreocupado com a tendência cada vez maior de segmentação.

“Sou um cantor de qualquer rádio. Qualquer rádio no Brasil pode tocar MPB”, afirma o interprete.

A respeito da onda de compilações e remixes feitos com grandes clássicos da música brasileira, Emílio demonstra uma posição totalmente liberal.

“Acho que as músicas devem ser feitas para o seu tempo. Se eu estivesse começando hoje, também faria assim”, afirma o cantor, que pode ser ouvido na Europa cantando o sucesso Bananeira em uma versão remixada de sua gravação original.

E, por falar em exterior, é em Angola, em julho, que Emílio Santiago mostra pela primeira vez o melhor de suas aquarelas. No Brasil, o lançamento do CD e do DVD já tem data marcada: 5 e 6 de agosto, no mesmo Canecão que foi palco da gravação dos discos.


Veja mais:


   Disco:  O Melhor das Aquarelas – Ao Vivo
     Ficha técnica, faixas e compositores

Resenhas relacionadas:

  O Melhor das Aquarelas – Ao Vivo

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções