Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Festa em vermelho e branco

Carol Marques
Meg e Jack White no Claro Hall, onde lançaram seu 5º CD. A dupla agora segue para turnê nos Estados Unidos
Galeria de fotos

Por Carol Marques
09/06/2005


O público lotou aos poucos o Claro Hall no dia 3 de junho para ver o primeiro show de lançamento do CD Get Behind Me Satan, da dupla norte-americana The White Stripes.

Marcado para às 22h30, o show começou à meia-noite com a casa de show já lotada. Jack e Meg White assumiram seus lugares ao palco e a apresentação começou aos gritos dos fãs, a maioria vestida de branco e vermelho.

Num palco simples e muito bem equipado e decorado, com um pano de fundo cheio de palmeiras e um sol com uma maça ao centro (símbolo do novo CD), a dupla White também contou com uma excelente produção. A iluminação destacava os tons e as cores que acompanham a dupla: vermelho, branco e preto. Além da bateria e os assessórios de Meg e das quatro guitarras de Jack, também havia um piano de cauda no palco, tocado por Jack em quatro canções.

Sem o apoio de um set list convencional, Jack ditava a ordem das músicas à baterista Meg. Muitas músicas do novo CD foram tocadas: Blue Orchid, The Nurse e Red Rain foram as que tiveram um bom impacto e participação do público.

Claro que as mais populares dos quatro álbuns anteriores não poderiam ficar de fora. As do álbum Elephant, You’ve Got Her in Your Pocket, I Just Don’t Know What to with Myself, de Burt Bacharach, e Seven Nation Army foram as mais esperadas e aplaudidas da noite. Hotel Yorba, Jolene, de Dolly Parton,  e Dead Leaves and the Dirty Ground também se destacaram.

Improvisos, brincadeiras e conversas introduzidas por Jack também fizeram sucesso com o público, que participava do show em massa.

“Vocês estão cansados?”, perguntava Jack, sempre recebendo um sonoro “não” como resposta do público. Por várias vezes, foram percebidos erros na performance do vocalista e da baterista.

“Desculpe pelo erro”, disse Jack, após tentar um improviso não muito bem-sucedido logo no início do show. Também ficaram claro alguns erros cometidos por Meg, sempre corrigidos a tempo por Jack (que também dispunha de pedais e microfones acoplados à bateria da irmã). Além dos problemas comuns, também ocorreram alguns erros técnicos, como a falha de microfones, tanto de Jack, quanto de Meg.

“Tudo bem se vocês não entendem inglês. Às vezes, nem eu entendo!”, exclamou o vocalista Jack White antes da execução da saideira, quando tentava pedir ao público para repetir os versos logo após um comando que poucos entenderam.

Dupla promete voltar ao Brasil

A apresentação da dupla foi cheia de energia e bem interativa, conseguindo dominar o palco e o público. Ao anunciar a última música, Jack perguntou se poderiam ir embora, pois tinham que tocar em São Paulo, e os fãs, aos berros e gestos, diziam que não.

Assim, Jack e Meg prometeram voltar ao Brasil em breve, especialmente ao Rio de Janeiro.

Após o show de São Paulo, no dia seguinte, a banda seguiu em direção aos Estados Unidos para uma série de shows da turnê mundial, que no total percorrerá sete países.


Veja mais:






 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções