Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Lenine vence com folgas o III Prêmio TIM

Divulgação
Lenine comemora o troféu de Melhor Cantor na votação popular. O prêmio foi entregue pelo jogador Ronaldinho (ao fundo)

Por Marcos Paulo Bin
02/05/2005


Em recente entrevista ao U.M., o guitarrista Victor Biglione, um dos principais instrumentistas do país, disse que o único nome do pop nacional que lhe chama atenção, no cenário atual da música brasileira, é Lenine. Os jurados do III Prêmio TIM de Música, realizado no dia 1º de junho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, pensam o mesmo. O cantor e compositor pernambucano foi o grande vencedor do evento, levando quatro dos seis troféus a que foi indicado. Foi uma “surra” nos demais concorrentes, que chegaram, no máximo, a duas estatuetas.

Lenine colhe os louros de seu mais recente e elogiado CD, In Cité (BMG), gravado ao vivo na França em 2004, ao lado do percussionista Ramiro Musotto e da baixista cubana Yasa. Com o feito, ele torna-se o maior vencedor do Prêmio TIM, que na segunda edição, ano passado, teve como destaques Marcelo D2 e Maria Bethânia, com três troféus. Em 2003, Zeca Pagodinho foi o grande premiado, também levando três estatuetas.

Na categoria Pop-rock, Lenine ficou com os troféus de Melhor Disco e Cantor. Ele ainda foi escolhido o autor da Melhor Canção (Todas Elas Juntas num Só Ser, parceria com Carlos Rennó) e novamente Melhor Cantor, desta vez na escolha popular. Foi o mais comemorado por Lenine, que vence essa categoria pela segunda vez (a outra foi em 2003). Este ano, o pernambucano – que recebeu o troféu das mãos do jogador Ronaldinho – concorria com pesos-pesados em popularidade, como Leonardo, Lulu Santos e Jorge Aragão.

“Esse prêmio me deu um gostinho especial”, disse Lenine, que misturou a empolgação a um discurso intelectualizado, criticando a segmentação musical. “Não acho que muito legal o rótulo, mas talvez seja a maneira de se premiar por amostragem. Os rótulos permitem dar um maior número de prêmios.”

Lenine ainda foi protagonista de uma das melhores apresentações musicais da noite, ao interpretar Lapinha, parceria de Baden Powell e Paulo César Pinheiro. Morto em 2000, Baden Powell, talvez o maior violonista da história da Música Popular Brasileira, foi o homenageado deste ano do Prêmio TIM, que nas edições anteriores reverenciou Lulu Santos e Ary Barroso.

À frente dos demais

Os demais vencedores ficaram bem atrás de Lenine. Sivuca (Melhor Arranjador e autor do Melhor Disco Instrumental, por Cada um Belisca um Pouco), Ivete Sangalo (Melhor Cantora na categoria Regional e na votação popular) e Roupa Nova (Melhor Disco, por Roupacústico, e Melhor Grupo, na categoria Canção Popular) vieram atrás, com duas estatuetas cada.

Entre os que levaram um só troféu, um dos mais empolgados era Fábio Jr., Melhor Cantor na categoria Canção Popular. Prêmio que coroou o bom momento vivido por ele, que no ano passado lançou o bom CD O Amor É Mais, emplacou nas rádios a regravação de Se..., de Djavan, e vem fazendo turnês lotadas pelo país. No último dia 28 de maio, o cantor romântico bateu seu próprio recorde de público, levando 50 mil pessoas a uma festa no interior de São Paulo.

“Isto é o resultado de um trabalho em equipe. Obrigaduu...”, agradeceu Fabio Jr., em nota à imprensa, usando seu conhecido bordão.


Veja mais:


  Prêmio erra ao ignorar música religiosa
  Confira todos os vencedores do III Prêmio TIM


Matérias relacionadas:

  II Prêmio TIM faz justiça a Yamandu Costa
  Zeca Pagodinho é o grande vencedor do Prêmio TIM

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções