Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Nervosismo e releituras na gravação do 1º DVD

Marcos Paulo Bin
Pedro Miranda, do Grupo Semente, e Teresa Cristina. Os dois protagonizaram alguns dos melhores momentos do show no Teatro Municipal de Niterói
Galeria de fotos

Por Marcos Paulo Bin
17/05/2005


Revelada em bares da Lapa, a cantora Teresa Cristina gravou seu 1º DVD no dia 12 de maio, no Teatro Municipal de Niterói (RJ). O local, belo e imponente, era o cenário perfeito para o samba classudo de Teresa, que segue a linha de mestres como Candeia, Wilson Moreira e Paulinho da Viola.

Acompanhada do Grupo Semente (Pedro Miranda na voz e no pandeiro, Bernardo Dantas no violão e João Calado no cavaquinho), Teresa Cristina ainda teve a companhia de Rui Alvim (clarinete), Marcos Esguleba (percussão), Paulinho do Pandeiro, Mestre Trambique (surdo), Alfredo Del-Penho (vocais), Cristina Buarque (vocais) e Paulão 7 Cordas, produtor e diretor musical.

A sambista procurou fazer do Teatro Municipal uma extensão das casas onde canta atualmente – Carioca da Gema e Centro Cultural Carioca (CCC) – tanto no cenário quanto no formato do show. Durante uma hora e meia, ela se apresentou cercada pelos músicos, como numa roda de samba, e em alguns momentos dividiu os vocais com Pedro Miranda. Não houve convidados especiais, como é de costume nesses projetos.

O repertório privilegiou as músicas de A Vida Me Fez Assim, segundo CD de Teresa Cristina. Entre elas, Acalanto, Candeeiro, Um Calo de Estimação (número dividido com Pedro Miranda, um dos pontos altos do show), A Vida Me Fez Assim e Quantas Lágrimas, de Manacé, tema da novela “Celebridade” e principal sucesso de Teresa. Do primeiro disco, o duplo A Música de Paulinho da Viola, pouca coisa foi lembrada. Onde a Dor Não Tem Razão e Coração Leviano foram algumas canções gravadas.

Uma novidade do DVD é a inédita Pra Encobrir a Solidão, parceria de Teresa Cristina com Zé Renato. Trata-se de um belo samba, melancólico, no estilo do ex-vocalista do 14-Bis.

Chico e Gonzaguinha no repertório

No restante do show, Teresa fez releituras de clássicos do samba e da MPB. Foram exatamente os momentos em que ela, muito nervosa, se mostrou mais solta. A primeira foi O Mar Serenou, que reúne as duas principais influências da cantora: Candeia, o compositor, e Clara Nunes, a intérprete que imortalizou a canção.

Logo depois, Pra Que Discutir com Madame, de Haroldo Barbosa e Janet de Almeida, famosa com João Gilberto. Novamente com Pedro Miranda, Teresa resgatou Cem Mil Réis, pérola de Noel Rosa e Vadico que eles já mostravam nas casas da Lapa.

Quase no final do show, como num desabafo perante o nervosismo, Teresa cantou Meu Guri, de Chico Buarque.

“Eu fico negando que sou cantora, que não estudei canto, mas me sinto realizada cantando Chico Buarque. Adoro dizer que amo Chico Buarque”, disse Teresa, que emendou Meu Guri com outra música de temática semelhante, Com a Perna no Mundo, de Gonzaguinha.

Mais descontraída, Teresa chamou sua “madrinha, amiga e confidente” Cristina Buarque para encerrarem o show com Se Tu Fores na Portela, de Ventura, da Velha Guarda da escolha de Madureira. Antes de repetir algumas músicas a pedido da produção, de improviso a cantora chamou ao palco a mãe, dona Hilda, para cantar Carinhoso, de Pixinguinha. Embora esteja acostuma a dar essa canja nos shows da filha, dona Hilda não conteve a emoção.

No final, ficou a impressão de que o DVD de Teresa Cristina, neste momento, pode ter sido precipitado. Com apenas um disco autoral no currículo e sem uma grande experiência de palco Brasil afora, ela (ou sua gravadora, Deckdisc) poderia ter esperado, pelo menos, mais um CD. O público teria a oportunidade de ver e ouvir mais músicas de Teresa e assistir a uma jóia da música brasileira ainda mais lapidada.


Veja mais:








Matérias relacionadas:

  Teresa Cristina lança CD e DVD ao vivo pensando em carreira internacional
  A estréia de Teresa Cristina como compositora
  Teresa Cristina, a nova voz feminina do samba


Resenhas relacionadas:

  A Vida Me Fez Assim
  A Música de Paulinho da Viola – Volumes 1 e 2

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções