Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Rob Halford de volta nos 30 anos de Judas Priest

Divulgação
Rob Halford (à frente) volta ao Judas Priest mantendo os velhos costumes: roupa de couro e a inseparável moto

Por Jailson Roque
02/05/2005


Foram 14 anos de espera que valeram muito a pena. A volta de Rob Halford para o lendário grupo de heavy metal Judas Priest gerou uma das maiores expectativas dentro do metal mundial. Halford, que não gravava com a banda desde o antológico disco Painkiller, de 1990, vinha mantendo negociações arrastadas com o grupo desde 1999. Agora ele finalmente retorna no lançamento de Angel of Retribution (Sony), novo CD da banda inglesa.

Rob Halford saiu do Judas Priest logo após a participação da banda no Rock in Rio 2, em 1991. Nesses anos, o cantor – conhecido por usar roupas de couro e entrar no palco de moto – participou de três bandas: Fight, com Scott Travis, também do Judas Priest; Two e Halford, que esteve na terceira edição do Rock in Rio, em 2001.

Para selar a volta triunfante do cantor e aproveitar as comemorações dos 30 anos de carreira, o Judas Priest lança Angel of Retribution com uma de suas melhores formações: Rob Halford (vocais), Glenn Tipton (guitarra), K.K. Downing (guitarra), Ian Hill (baixo) e Scott Travis (bateria). O novo CD não devolve apenas o vocal assombroso de Halford ao mundo do metal, mas também revive um rock puro e cristalino como não se fazia há algum tempo.

A honestidade das guitarras de Glenn Tipton e K.K. Downing faz com que os ouvintes do Judas viagem no túnel do rock. Quem se acostumou ao som grotesco e pesado da banda, com as guitarras urrando em riffs furiosos, pode se surpreender com o novo CD dos ingleses, que traz alguns hard rocks de qualidade excepcional, muito bem executados.

Ex-vocalista do Judas Priest elogia novo trabalho do grupo

Angel of Retribution vem obtendo uma ótima aceitação em todo o mundo por parte da crítica especializada. O CD conseguiu arrancar elogios até mesmo de Tim “Ripper” Owens, ex-vocalista do Judas Priest, que disse achar demais ver os integrantes originais juntos novamente.

Canções como Hellrider explicam a opinião de Tim. Trazendo uma bateria constante e avassaladora, com o bumbo sendo massacrado pelo ótimo baterista Scott Travis, o Judas Priest faz jus à fama de banda incendiária.

Em Revolution, uma das músicas mais fortes do álbum, Rob Halford mostra toda sua experiência vocal, soltando potentes agudos em uma melodia pesada e cheia de sensualidade. Mas para não perder o campo aberto entre os roqueiros da nova geração, o grupo mostra que também sabe fazer hits radiofônicos, como o hard rock de baixa rotação Worth Fighting For e a baladinha com clima de namoro Angel.

Os fãs mais antigos não se sentirão decepcionados. Hellrider e Judas Rising mostram que o grupo continua imbatível na arte de sacudir cabeças. Para encerrar o CD, a canção mais contestada do Judas Priest, a ópera metal Lochness, que tem tudo para se transformar em clássico antológico do metal.

O Judas Priest volta a sua formação original do mesmo jeito que ela terminou: causando polêmica. Afinal, se Cristo não agradou a todos, imagine se o Judas vai agradar.


Veja mais:


   Disco:  Angel of Retribution
     Ficha técnica, faixas e compositores

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções