Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  O melhor do samba e da MPB

Divulgação
A cantora e compositora Telma Tavares segue divulgando seu 1° CD, auto-intitulado, lançado em 2002

Por Marcos Paulo Bin
30/03/2005

Por apenas R$ 10 (R$ 5, para estudantes e idosos), os cariocas e aqueles que estiverem de passagem pela Cidade Maravilhosa poderão curtir um belo show de samba. Mais do isso, da melhor Música Popular Brasileira. De 30 de março a 1° de abril, a cantora Telma Tavares divulga seu 1° CD, auto-intitulado, em apresentações na Sala Funarte Sidney Miller, Centro do Rio. O disco foi lançado em 2002, pelo selo Rádio Mec (com distribuição da Rob Digital), e foi produzido por Telma e Eulália Figueiredo.

O espetáculo tem como proposta misturar o tradicional e o contemporâneo, algo que a artista sempre fez, desde que iniciou a carreira nos anos 80 cantando no grupo feminino de samba Elas por Elas. Na Sala Funarte, Telma promete fazer releituras bem particulares para clássicos da MPB e do pop nacional como Malandragem (de Cazuza, famosa com Cássia Eller), Lindo Lago do Amor (Gonzaguinha), Extra (Gilberto Gil) e Samba do Grande Amor (Chico Buarque).

O samba tradicional, é claro, não ficará ausente. No repertório estão garantidas Vou Festejar, Água de Chuva no Mar (sucessos de Beth Carvalho), Tendência (Dona Ivone Lara e Jorge Aragão) e Vai Vadiar (famosa com Zeca Pagodinho).

Telma também vai mostrar repertório autoral, que ela registrou em seu álbum de estréia. Entre a safra de músicas próprias estão Iabassê (com Roque Ferreira), O Amor É Assim (com Tainã), Alta Madrugada (com Délcio Carvalho) e Babalobare (com Paulo César Feital). No set list ainda constam as inéditas Corpo Fechado e Chama de Amor e duas canções de Telma gravadas por Alcione: Porto d’alma (com Tainã) e A Sangue Frio (com Roque Ferreira).

A proposta de misturar ritmos e tendências musicais se mantém no palco. Telma recebe como convidados o grupo Nosso Samba; Tuca Alves, guitarrista e vocalista da banda Funk U; e Pedro Arêas, pandeirista da banda O Galo Cantou.

Cidadã Benemérita

Depois de integrar o Elas por Elas, Telma Tavares iniciou a carreira solo muito bem acompanhada. A cantora fez algumas apresentações ao lado de Hermeto Paschoal, que, no primeiro disco de Telma, fez os arranjos e tocou na faixa Dois Cardumes (parceria dela com Paulo César Feital), vencedora de um concurso como melhor composição num festival paulista. Outras participações de peso no CD foram as do cantor Chico Buarque (na faixa Zelão, de Sérgio Ricardo), do maestro Maurício Einhorn e do instrumentista Carlos Malta.

Antes de estrear no mercado fonográfico, Telma foi backing vocal de Beth Carvalho durante cinco anos, tendo viajado com a sambista para vários países. Ela também participou de um CD de sambas-enredo produzido por Roberto Menescal e lançado no Japão, foi convidada por Ricardo Cravo Albin para cantar no evento “100 Anos de MPB”, em 2001, participou de vários festivais e fez uma turnê em homenagem a Gonzaguinha.

Telma ainda mostrou seu dom como radialista, dando espaço a novos valores da música brasileira em dois programas da extinta rádio Viva Rio, que fechou recentemente. Em 2001, a cantora ganhou o título de “Cidadã Benemérita do Rio de Janeiro” por serviços prestados a comunidades carentes.


Veja mais:


  Serviço: veja como serão os shows de Telma Tavares

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções