Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Adeus ou até logo?

www.blink182.com
Em seus 13 anos de vida, o Blink-182 ficou conhecido pelo bom humor, pela sonoridade pop-punk e pelas letras estranhas

Por Marcos Paulo Bin
28/02/2005


No dia 26 de fevereiro, o grupo Blink-182 ocupava o 12° lugar do Top 20 MTV, com o clipe da música Always, quarto single de seu mais recente álbum, auto-intitulado. No Brasil, a música I Miss You, do mesmo disco, está entre as 50 mais tocadas no Rio e entre as 100 em São Paulo, de acordo com o Instituto Nopem.

Mas os fãs da banda californiana de pop-punk podem se preparar para, em pouco tempo, não ver e ouvir seus ídolos com a mesma freqüência na TV e no rádio. A gravadora Universal anunciou, em nota à imprensa, que o trio formado por Tom DeLonge (voz e guitarra), Mark Hoppus (voz e baixo) e Travis Barker (bateria) decidiu “dar uma parada por tempo indeterminado”. Ou seja, muito possivelmente é o fim de uma carreira que durou 13 anos.

“Por mais de uma década, sem intervalo, o Blink-182 esteve promovendo turnês, gravando e divulgando seus álbuns, sempre tentando equilibrar tudo isso aos relacionamentos com suas famílias e seus amigos. Neste ponto de suas vidas, os integrantes da banda decidiram dar uma parada por tempo indeterminado para desfrutar de suas conquistas ao lado de seus entes queridos. Enquanto não houver nenhuma previsão de retomada do trabalho, ninguém sabe o que o futuro reserva ao Blink-182”, diz a nota.

Trio lança faixa inédita

As conquistas do Blink-182 nos anos 90 e 2000 são realmente louváveis. O trio lançou seu primeiro trabalho de forma independente em 1992, uma fita cassete com o título Flyswatter. Com forte influência de bandas neo-punks como o Green Day, batalhou com sucesso no cenário independente e lançou dois bons álbuns até ser contratado pela major Universal, em 1997.

O primeiro CD pela multinacional foi Dude Ranch, que vendeu mais de um milhão de cópias. O disco emplacou as faixas Dammit e Josie, tornando o trio de San Diego os novos queridinhos do rock.

O álbum seguinte, Enema of the State, de 1999, consolidou o sucesso. Bem produzido, o CD mantinha a fúria anterior e as letras de conteúdo estranho, falando de extraterrestres (Aliens Exist) a suicídio (Adam’s Song). A grande quantidade de palavrões fazia que, na conservadora América, os discos passassem a ter “clean versions”, ou seja, versões mais leves.

Depois de Cheshore Cat, de 1998, veio o ao vivo The Mark, Tom and Travis Show (The Enema Strikes Back), em 2000. No ano seguinte, DeLonge, Hoppus e Baker lançaram o multiplatinado e irreverente Take Off Your Pants and Jacket, que liderou as paradas pop americanas.

Finalmente, em 2003, veio o disco auto-intitulado, sobre o qual o Blink-182 ainda trabalhava quando a Universal divulgou a nota sobre a separação do trio. Se ela é temporária ou definitiva, só o tempo dirá. Por enquanto, os fãs podem curtir o que talvez seja a última novidade do trio: a inédita Not Now, que faz parte da coletânea Atticus: Dragging the Lake III, recém-lançada no exterior.

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções