Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Pagode romântico volta a dar as cartas

Divulgação
O Imaginasamba faz parte da nova geração de grupos de pagode cariocas, ao lado de nomes como Revelação e Swing & Simpatia
Japona, Kdu, Quindinho e Gustavo; Tico, Leandrinho, Léo e Marquinhos; Suel e Gné. Antes que você pergunte onde está o goleiro, saiba que essa não é a escalação de um time de futebol, e sim os componentes do grupo que vem conquistando as rádios populares: o Imaginasamba. Duas músicas de seu primeiro CD, Idéia do Amor, chegaram a ocupar os primeiros lugares entre as mais pedidas na emissora de maior audiência do Rio, e aos poucos começam a tomar conta do Brasil: tratam-se de Duvido e Pára de Pirraça. Tudo isso graças ao bom trabalho de divulgação de uma gravadora de pequeno porte, a Futura, que é responsável também pelo estouro do grupo Sociedade do Samba.
“O trabalho de divulgação está sendo excelente. Para nós foi até uma surpresa, pelo fato de uma gravadora pequena estar fazendo um trabalho tão grande com o grupo. Se estivéssemos em uma multinacional não receberíamos o mesmo tratamento que temos aqui, onde somos bem atendidos e conhecemos todo mundo”, elogia o pandeirista Gné. “Nossas músicas estão tocando nas principais rádios do Rio. Só não estão nas rádios de rock e nas evangélicas!”, comemora o vocalista Suel.
O Imaginasamba é um dos principais nomes de uma nova safra de grupos de pagode romântico – composta ainda por grupos como Revelação, Sorriso Maroto, Pique Novo e Sociedade do Samba, entre outros – que estão devolvendo ao gênero o lugar de destaque que conseguiu ao longo dos anos 90. No entanto, diferentemente do que aconteceu na década passada, esse movimento agora é liderado por grupos cariocas, vindos geralmente de gravadoras independentes como a DECKdisc, a Indie Records e a própria Futura, que estão fazendo o samba voltar a ocupar os primeiros lugares das paradas de sucesso.
“Vieram muitos ritmos nos últimos anos, como o funk e o forró, mas o samba não acaba. O gênero deu uma caída na mídia, mas dá pra ver que está voltando, pela nova geração que está surgindo. Acho que estamos lançando o disco numa época boa, porque, na verdade, os bons momentos devem ser construídos pelos próprios grupos, como o Revelação está fazendo”, afirma Suel.

Romantismo para o mercado

Apesar de se espelhar no Revelação, o Imaginasamba surgiu seguindo o caminho dos pagodeiros do Swing & Simpatia, vizinhos do bairro de Vila Operária, em Nova Iguaçu. O grupo formou-se no final de 1998, tocando o chamado “samba de raiz” em pagodes de mesa. Com a chegada de novos integrantes e a amizade com o Swing & Simpatia, Suel e cia. foram cada vez mais incorporando músicas românticas a seu repertório, apresentando-se em bares e festas e abrindo shows para os amigos, na época estourados no Rio de Janeiro. A mudança de estilo, segundo o grupo, foi uma adaptação às exigências do mercado.
“Havia uma carência de novos grupos de pagode romântico. Não adianta lançar um produto que não está sendo pedido pelo mercado”, explica Gné. “Procuramos aquilo que tinha mais a ver com a cara do grupo, que é inspirado pela galera mais jovem, como Pique Novo, Swing & Simpatia, Belo e Os Travessos. Não sei se foi sorte, mas nos identificamos muito com esse estilo. E o público também”, conta Suel.
Duvido começou a tocar nas rádios em março deste ano, quando ainda fazia parte de um CD demo – produzido por Leandro Sapucahy, que na época trabalhava com o Swing & Simpatia – que incluía outras duas músicas: Pára de Pirraça e Chorei Demais, as três compostas por Suel e Leandrinho, tecladista do grupo, com diferentes parceiros. No dia da gravação, levado por Sapucahy, estava Nilson Mendes, diretor da Futura. O empresário gostou tanto do que viu que, pouco tempo depois, não apenas contratou o grupo, como iniciou a gravação do CD completo e distribuiu singles da música Duvido para rádios de todo o Brasil. Resultado: sucesso imediato.
“Esse sucesso foi um pouco assustador porque demorou para acontecer, mas quando veio foi tudo muito rápido. Foi uma impacto ouvir nossa música tocando no rádio, com uma boa aceitação”, conta Gné.

Agora, o Brasil

O grupo vem fazendo shows lotados em todo o Estado do Rio, e o número de admiradores não pára de crescer, assim como os fãs-clubes. “As fãs são o melhor de tudo isso. Se não fossem elas para pedir nossas músicas no rádio e comprar nosso CD, hoje nós não estaríamos aqui”, reconhece Leandrinho. Com a boa repercussão do disco, que está chegando à casa das 50 mil cópias vendidas, o Imaginasamba promete tocar mais músicas suas nos shows, diminuindo o número de covers de outros grupos de pagode.
O grupo pretende também estender esse sucesso para o restante do país. Seus integrantes reconhecem que a fama causa um certo deslumbramento, mas apostam na humildade para construir uma carreira a longo prazo. “Temos consciência de que temos que sonhar, porque estamos trabalhando para isso. Mas devemos ter o pé no chão, pois talvez nem tudo que desejamos acontecerá. Estamos tranqüilos, realizando o nosso trabalho, mas sempre almejando crescer cada vez mais”, diz Suel. Um desse sonhos é tocar no Canecão, uma das mais tradicionais casas de shows cariocas. Pelo que já mostraram em grandes espaços como o Olimpo, não é difícil de imaginar que a antiga cervejaria de Botafogo seja o próximo estádio onde esse verdadeiro time do pagode mostrará seu talento.


Veja mais:


  Um é pouco, dois é bom, dez é ótimo!
  Conheça os integrantes do Imaginasamba
   Disco:  Idéia do Amor
     Ficha técnica, faixas e compositores
 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções