Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Pitty celebra no palco do Canecão o sucesso e o primeiro DVD

Com uma incrível presença de palco e a ajuda da mídia, que está tocando bem suas músicas, Pitty tem o público cada vez mais em suas mãos
Galeria de fotos

Por Marcos Paulo Bin
04/10/2004

Aos olhos do mercado, o artista que lança um DVD logo após seu primeiro CD – como fizeram Maria Rita, Felipe Dylon e, agora, Pitty – pode parecer estar se precipitando. Mas, no caso da roqueira baiana, basta ir a um de seus shows, constatar a energia dela no palco e a vibração dos fãs na platéia, para perceber que tamanha badalação em torno de uma cantora estreante realmente merecia ser registrada.

Morando atualmente em São Paulo, Pitty escolheu o Rio – cidade onde foi tentar a sorte após sair da banda Inkoma e onde começou a conquistar popularidade após lançar o CD Admirável Chip Novo – para o show de lançamento do DVD, intitulado Admirável Vídeo Novo (Deckdisc). Ou melhor, os shows; foram dois, nos dias 2 e 3 de outubro, no Canecão.

Em termos de repertório, o atual show não difere muito do que Pitty já vinha mostrando na estrada, e que os cariocas conferiram há menos de dois meses, no Circo Voador. Sem mudar a essência do espetáculo, a cantora incluiu apenas algumas novas releituras que foram registradas no DVD. No entanto, mesmo com tão pouco tempo de intervalo entre o Circo e o Canecão e nenhuma mudança drástica no set list, o show na última casa foi bem melhor.

Pitty, a cada apresentação, está mais solta no palco e com o público cada vez mais nas mãos. Além disso, está contando com a força crescente e sempre bem-vinda da mídia. A balada Equalize, quarta faixa de trabalho de Admirável Chip Novo, está tocando bem nas rádios – na semana passada, aparecia em 14° lugar entre as mais executadas de São Paulo segundo o Instituto Nopem – enquanto Máscara, o primeiro hit, é trilha da novela das oito “Senhora do Destino”. Já Eu Quero Sempre Mais, que o Ira! gravou em seu Acústico MTV com participação da cantora, está no dial e na novela das sete, “Começar de Novo”. Antes do show do dia 3, Pitty ainda apareceu no programa “Domingão do Faustão”.

Convidados do DVD participam do show

Em um Canecão lotado, Pitty mostrou, no dia 2, boa parte do repertório do DVD, onde, além de cantar as músicas de Admirável Chip Novo, ela faz releituras e revela um pouco de sua vida em dois documentários.

“Este disco é um retrospecto deste ano tão generoso. Ele mostra um outro lado meu que não está na música do rádio ou da televisão”, disse Pitty, vencedora, em 2004, do Prêmio Multishow e do I Troféu U.M., entre outros prêmios.

O público do Rio de Janeiro deu a sorte de ver no palco do Canecão os convidados que Pitty escolheu para seu primeiro DVD. Com Canibal, da banda recifense Devotos, ela cantou Sailin’ On, dos Bad Brains, e Punk-Rock, Hardcore, Alto José do Pinho, dos Devotos. Com os cariocas do Jason, Pitty repetiu a dose e cantou uma música dos convidados, Imagem É Tudo, Sua Cabeça Não Tem Nada. Com o rapper B Negão e a cantora baiana Lancita, foi a vez da versão pesada para Private Idaho, dos B-52’s, que Pitty cantara com o ex-integrante do Planet Hamp no Circo Voador.

Ainda no campo das releituras, Pitty e banda – o ótimo guitarrista Peu, o baixista Joe e o baterista Duda – mostraram Deus Lhe Pague, de Chico Buarque; Love Buzz, do Shocking Blue; Go with The Flow, do Queens of The Stone Age; e, já no bis, Where’s My Mind, do Pixies, a única que não está no DVD.

As músicas de Admirável Chip Novo, tenham tocado no rádio ou não, foram acompanhadas em altos brados pela platéia: Teto de Vidro, I Wanna Be, O Lobo, Admirável Chip Novo, Emboscada, Máscara, Semana Que Vem e Equalize, esta última com introdução de Revanche, de Lobão.

Ainda teve tempo para a inédita Brinquedo Torto, que já prenuncia o novo CD, tão aguardando por um fã-clube que não pára de crescer. Para definir o show no Canecão e a curta mas vitoriosa carreira de Pitty, vale repetir o que diz Nasi, vocalista do Ira!, depois que a cantora participa de Eu Quero Sempre Mais: “matou a pau”.


Veja mais:








Matérias relacionadas:

  Pitty mais pesada e contundente no CD Anacrônico
  Com novo guitarrista, Pitty prepara 2° CD
  Pitty estréia no Circo Voador e recebe Troféu U.M.
  Os planos de Pitty para 2004


Resenhas relacionadas:

  Admirável Chip Novo

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções