Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Uma eterna criança

Cristina Mel posa com o boneco Tic-Tac, um dos personagens que ela criou. A cantora quer reunir uma equipe que se fantasie para acompanhá-las nas viagens

Por Marcos Paulo Bin
22/09/2004

Uma das principais cantoras evangélicas do país, Cristina Mel, há seis anos, mantém em paralelo à sua carreira um vitorioso trabalho com as crianças. Além de, todos os anos, procurar levar novas mensagens sobre a Palavra de Deus aos pequeninos, a cada lançamento Cristina tenta inovar, buscando outras linguagens que cativem este exigente público.

Depois de, nos últimos anos, apostar na informática, incluindo kits multimídia nos CDs, Cristina Mel resolveu investir no velho e bom livro, que acompanha seu novo trabalho, Tempo de Ser Criança (Clevan). Os temas de cada música são explicados com ilustrações dos personagens Menina Melina, Abelha Mel e Relógio Tic-Tac. As canções também vêm com citações bíblicas, letras e cifras.

“Descobri que as crianças também gostam de ver, folhear, tocar”, diz Cristina, explicando porque trocou a tecnologia pelo papel. “Além disso, o livro traz as letras das músicas com as cifras, para que as pessoas com o mínimo de noção de violão possam tocar. Também é uma forma de estimular as crianças a aprender algum instrumento.”

Cristina Mel fez um investimento pesado para o disco. Fora os custos com o material gráfico, que é de primeira qualidade, ela contratou ilustradores e comprou os direitos sobre os personagens. A cantora reconhece os altos custos e o grande trabalho que tem para preparar tudo, mas afirma não se importar com retornos materiais.

“Sempre vale a pena fazer o melhor para Deus, mesmo passando madrugadas em claro. Independentemente de ganhar dinheiro ou não, para a obra de Deus não há prejuízo. Olhar para os olhos de uma criança e ver que ela aprendeu, em vez de estar presa a outros conceitos, que a enganam, não tem preço. Eu tenho tudo que preciso, não me falta nada”, garante Cristina, que agora sonha em contar com uma equipe para se fantasiar de Menina Melina, Abelha Mel e Relógio Tic-Tac para acompanhá-la por onde se apresenta.

Disco é uma grande história

De cara, Tempo de Ser Criança parece ser longo – são ao todo 25 faixas. Mas muitas delas são diálogos que interligam as músicas, como se o disco fosse uma grande história. O CD é bem rico em temas e ritmos. As letras falam desde assuntos como brincadeiras, animais e o respeito aos idosos até questões bíblicas como a Arca de Noé, a Torre de Babel e a Páscoa. Tudo isso ao som de rock, rockabilly, forró e balada.

Este é um dos poucos trabalhos de Cristina Mel que não tem músicas da dupla Beno & Solange de César. A maioria das canções é assinada por Alberto de Mattos, o Xuxu, da Turma do Printy, grupo que há 20 anos atua com crianças. Cristina e Xuxu trabalham juntos desde 4 Kids, 4° CD infantil dela. A participação do compositor vem aumentando: naquele disco, eram duas músicas dele; no seguinte, Por Um Mundo Melhor, quatro; e em Tempo de Ser Criança, nove.

“Quando não chegaram as músicas da Solange de César, o Xuxu me mandou um CD com umas 15 canções maravilhosas. Eu falei: só vai dar você! E até eu compus. Cada vez mais Deus tem sustentado meu ministério”, comemora Cristina, aproveitando para elogiar Alberto, com quem ela inclusive assina uma faixa, Jesus Me Ama. “A ajuda do Xuxu neste trabalho foi preciosa. Suas composições são centradas na Palavra de Deus, com conteúdo, mas também com bom humor. O disco acaba agradando às crianças e também aos adultos, pelo jeito criativo e engraçado de ensinar.”

Duas músicas de Alberto de Mattos chamam a atenção no disco. A melhor delas é, e de todo do CD, é o rock A Força de Deus, uma crítica aos falsos heróis da TV e dos quadrinhos e a monstros e bruxos que são mostrados para as crianças como exemplos a serem seguidos. Cristina lamenta ver em coisas típicas do universo infantil, como desenhos, filmes e jogos, a exploração da violência e a banalização da vida humana.

“As crianças estão vivendo isso, e depois as pessoas não sabem porque elas são agressivas”, lembra a cantora. “As crianças colecionam Pockemons, que são ‘pocket monsters’ (montros de bolso); é como se estivessem permitindo que esses monstros fizessem parte da vida delas. Não quero isso para as crianças. Quero que elas saibam que existem heróis de verdade, como Jesus, que venceu a morte, e que não tenham vergonha de dizer que são crentes.”

A outra faixa é Canção para A Vovó, uma balada que traz a participação de Jayane, filha do casal Cassiane & Jarinho. Cristina Mel dedica a música à sua avó, dona Maria, completamente lúcida aos 98 anos.

“Ela é doida comigo! Eu fui a primeira neta, e ela é muito especial para mim. Fui criada por empregados que me maltratavam, e na casa dela eu era feliz”, recorda-se Cristina, que também vê na música uma mensagem para crianças e adultos. “Quero que as crianças respeitem seus avôs e avós, e que as pessoas idosas não se sintam sem valor. Ainda há muito a fazer.”

Planos para um DVD infantil

Em 2005, Cristina Mel completa 15 anos de carreira “adulta”. Para comemorar, ela pensa em realizar um antigo sonho: gravar um disco ao vivo. Mas é claro que o trabalho infantil não ficará de lado; a intenção é fazer um DVD para os pequeninos. Afinal, ela confessa, trabalhar com as crianças é seu ministério favorito.

“Meu trabalho infantil me dá mais prazer que o adulto. Eu viro uma criança. É um refúgio, me dá uma alegria muito grande. Não quero vender um milhão, mas ser bênção na vida das crianças. Se eu conseguir trazer alegria para uma só, já estou no lucro”, conta Cristina, garantindo que todo o amor que sente pelas crianças não tem nada a ver com o fato de não ser mãe. “Esse amor é antigo, e as crianças sabem quando é sincero. Eu consigo passar essa pureza que a gente precisa ter. É o que Deus espera de nós, um coração de criança.”


Veja mais:


  Entrevista com Cristina Mel: “estamos plantando uma semente no coração das crianças”
   Disco:  Tempo de Ser Criança
     Ficha técnica, faixas e compositores

Matérias relacionadas:

  Line Records promove avant-première do DVD de Cristina Mel
  Emoção, técnica e sucessos na gravação do 1º DVD de Cristina Mel
  Exclusivo: Cristina Mel retorna à Line Records e prepara CD e DVD ao vivo
  Cristina Mel se supera e se renova em Eternamente
  Cristina Mel para crianças


Resenhas relacionadas:

  Recomeçar
  Seleção de Ouro – Volume 2
  Tempo de Ser Criança
  Seleção de Ouro

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções