Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Pitty mostra músicas inéditas em show no Circo Voador

Milhares de jovens e adolescentes vibraram com o show de Pitty no Circo Voador. A cantora possui até uma legião de fãs femininas, que posaram de tiete perante o ídolo

Por Marcos Paulo Bin
08/08/04

Pitty possui todos os ingredientes para fazer um bom show de rock. É carismática, tem uma banda que sabe fazer barulho e fãs empolgados. Se o repertório da cantora baiana não é muito extenso – afinal, ela ainda está no primeiro disco – alguns covers bem-feitos não deixam a peteca cair.

Com uma turnê que vem rodando o Brasil há mais de um ano, fazendo muito sucesso, não seria no Circo Voador que a fórmula Pitty + banda + público daria errado. No dia 6 de agosto, a cantora fez sua estréia “solo” no renovado cenário underground carioca, após dividir o palco com outros cantores no show de abertura, um mês antes.

Da trinca acima, a parte mais surpreendente é o público. Pitty conquistou uma legião de fãs ardorosos, que inclui até algumas mulheres histéricas. Durante todo o show, adolescentes berravam para a cantora, e no final se espremiam para ver nem que fosse a sua silhueta no camarim. Não raro, dava para ouvir meninas de 12 a 15 anos gritando “linda”, “poderosa” e coisas do tipo. Fora do palco, uma barraca vendia todo tipo de souvenir – camisa, bottom, caderno etc. Ou seja, coisas de uma pop-star.

Foi uma boa surpresa ver uma roqueira que faz uma sonoridade mais pesada atingir tamanho patamar de popularidade logo em seu primeiro CD, Admirável Chip Novo. Ainda mais porque o disco foi lançado por uma gravadora de porte médio, a Deckdisc, que, é claro, chegou a fazer investimentos de marketing em Pitty, mas nada que se compare ao poder econômico de uma multinacional. Ainda é possível acreditar na espontaneidade do sucesso neste mercado tão corrompido por viciados esquemas.

Cantora recebe Troféu U.M. no camarim

O repertório do show, naturalmente, foi baseado nas músicas que Pitty gravou em seu primeiro CD. Aí, outra boa surpresa: nos hits Teto d
Depois do show, no camarim, Pitty recebeu o Troféu U.M. na categoria “Revelação de Pop-rock de 2003”
e Vidro
, Máscara e Admirável Chip Novo, o público acompanhou a cantora em coro e pulou sem parar. Mas em outras canções, como O Lobo, I Wanna Be e a balada Equalize, muita gente também cantou junto, mostrando a boa repercussão do disco.

Para completar o repertório, Pitty – que estava acompanhada de Peu (guitarra), Joe (baixo) e Duda (bateria) – mostrou alguns covers interessantes. Os mais inusitados foram as versões hardcore para Deus Lhe Pague, de Chico Buarque, e Private Idaho, do B-52’s, com participação do rapper B Negão.

Ainda na praia do rock internacional, Pitty priorizou o Nirvana, dando sua leitura para duas músicas da extinta banda: Love Buzz (originalmente do Shocking Blue e regravada pelo grupo que foi liderado por Kurt Cobain) e Smells Like Teen Spirit. Essa – bem apropriada para o “espírito adolescente” da cantora e de seus fãs – foi mostrada no fim do show, junto com o hit Máscara. A baiana conclamou e muita gente subiu ao palco para fazer mosh.

Pitty ainda teve a chance de mostrar duas canções inéditas, que deverão estar em seu próximo CD, previsto para o início de 2005: Brinquedo Torto e Suas Armas. Esta última fora composta naquela semana mesmo, e mostrada em primeira mão.

“A música nem está pronta ainda, mas a gente já vai testando nos shows”, disse Pitty, depois do show, com o pouco de voz que lhe restava.

Ali, no camarim, a cantora recebeu o Troféu U.M. na categoria “Revelação de Pop-rock de 2003”. Em meio aos agradecimentos, Pitty anunciou para outubro o lançamento de seu primeiro DVD, que ganhará shows específicos. Qualquer que seja o formato, será mais uma oportunidade para os e as adolescentes cantarem, pularem e idolatrarem o mais novo fenômeno do rock nacional.  



Matérias relacionadas:

  Pitty mais pesada e contundente no CD Anacrônico
  Com novo guitarrista, Pitty prepara 2° CD
  Pitty lança no Canecão seu primeiro DVD
  Os planos de Pitty para 2004


Resenhas relacionadas:

  Admirável Chip Novo

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções