Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Goerge Harrison mostra criatividade e misticismo nos cinco discos da era Dark Horse

Reprodução
Imagem extraída do disco Somewhere in England, na qual George Harrison evidencia seu lado místico

Por Marcos Paulo Bin
19/07/2004

Segundo beatle a morrer, em 2001 (o primeiro fora John Lennon, em 1980), George Harrison tem sua discografia pelo selo Dark Horse relançada numa fantástica caixa. São cinco CDs, que vão de 76 a 87, e podem ser adquiridos juntos ou separadamente.

Harrison criou o selo Dark Horse - nome de um LP dele lançado pela EMI em 74 - em 76, seis anos, portanto, depois do fim dos Beatles. A distribuição, na época, coube à Warner, mas durante anos os discos ficaram fora de catálogo. Após uma grande negociação que envolveu várias companhias, a EMI - gravadora dos Beatles - decidiu recolocar os álbuns nas lojas, remasterizados, com faixas bônus e algumas surpresas nos encartes.

O primeiro LP de Harrison por seu selo foi Thirty-Three & 1/3, de 76. Depois vieram George Harrison, de 79; Somewhere in England, de 81, que obteve grande êxito comercial; e Gone Troppo, de 82. A seguir, o ex-beatle passou a se dedicar mais à sua produtora de filmes, Handmade, deixando a música um pouco de lado. A volta ocorreu em 87, com o aclamado Cloud 9, que marcaria praticamente o fim da era Dark Horse. O selo ainda lançou uma coletânea com os maiores sucessos do período, em 89, mas este disco não está contemplado na caixa da EMI.

Faixas bônus trazem músicas inéditas

Considerado o mais místico dos Fab Four (e também o mais quieto), Harrison deixa isso evidente em todos os cinco discos, seja nas músicas (Mystical One, de Gone Troppo, ou If You Believe, de Geroge Harrison), seja nos encartes dos discos, como o de Somewhere in England, em que ele cita uma frase de Sri Khrishna e aparece, numa foto um tanto bizarra, com o rosto repleto de agulhas, que diz ser de Zion Yu (entre parênteses, num trocadilho com o nome do disco, a frase "Somewhere in Yin Yang"). Curiosamente, a música que mais remete a essa faceta do ex-beatle não está em nenhum dos CDs: o hit My Sweet Lord, que é do LP triplo All Things Must Pass, o primeiro dele após a saída da banda (e o terceiro solo).

É difícil dizer qual é o melhor dos cinco álbuns. Todos são excelentes do início ao fim; não é preciso apertar o botão "ff" do controle remoto em nenhuma das 57 faixas totais. Cloud 9 leva uma certa vantagem, pois conta com Eric Clapton na guitarra, Elton John no piano e o ex-companheiro de banda Ringo Starr na bateria, entre outras feras. E é deste disco a melhor de todas as músicas, disparado: Got My Mind Set on You, grande sucesso mundial. Aí, outro fato curioso: esta é uma das poucas músicas de todos os discos que não são assinadas por Harrison. Ela é de Rudy Clark, e foi gravada originalmente em 1959.

"Eu não sei quem ele é, mas é uma excelente canção. Só que a antiga versão que eu ouvi soava um pouco ultrapassada e não era como a minha versão", diz Harrison, sem nenhuma modéstia, em um antigo texto reproduzido no encarte de Cloud 9.

Todos os discos vêm com faixas bônus, algumas inéditas, e outras, versões caseiras e acústicas para uma faixa. Além do misticismo, em comum entre eles está a semelhança - sempre - com a sonoridade dos Beatles, a grande criatividade do cantor (que vez ou outra inseria elementos sonoros estranhos no meio das músicas) e uma enorme diversidade de estilos: rock, folk, blues, country, baladas. Ouvir os cinco CDs é constatar o óbvio: Harrison se foi cedo demais.


Veja mais:


  Conheça os discos relançados

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções