Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Marcela Biasi solta sua delicada e determinada voz

Divulgação
Marcela Biasi começou a tocar violão aos 14 anos, e aos 20 já estava gravando seu 1º disco, que posteriormente despertaria o interesse da EMI

Por Leisa Ribeiro

A niteroiense Marcela Biasi é uma das novas crias da MPB. Começou a tocar violão aos 14 anos, a cantar na noite aos 16 e com 20 gravou um CD demo que chegou à EMI. Deste trabalho, a música Arrastando Maravilhas, que também dá nome ao disco, já é uma das mais executadas nas rádios. E o UNIVERSO MUSICAL foi conferir de perto um show da cantora, no dia 23 de junho, no Teatro Rival, no Rio de Janeiro.

A cidade, cenário de muito calor, tem sido surpreendida por noites frias, que acabam afastando um pouco as pessoas das ruas durante a noite. Mas Marcela Biasi conseguiu lotar o Teatro Rival em plena quarta-feira, com o show do CD Arrastando Maravilhas. A platéia participou do espetáculo cantando as músicas e até interferindo no bis. Superado o peso de ser “afilhada” da cantora Zélia Duncan, ela mostra no palco que tem familiaridade com a MPB e com o pop. Mesmo quando canta O Amor Me Escolheu, de Adriana Calcanhotto, ou Por Perto, do Pato Fu, a cantora o faz de uma maneira autoral.

Marcela Biasi é uma jovem compositora com uma grande presença de palco, que nem mesmo algumas falhas técnicas do show conseguiram ofuscar. Quem pensa que assistir Marcela ao vivo é o mesmo que ouvir o CD está enganado. Os arranjos podem até ser parecidos em algumas canções, mas ela passeia da balada ao rock com desenvoltura e até insinua alguns passos no palco. Despojada, conversa freqüentemente com o público, permitindo uma aproximação maior entre o artista e o fã, diferentemente do que vem acontecendo no mundo da música.

Marcela ainda troca de violão por diversas vezes no show (ao todo são quatro), mostrando que sabe que tipo de música quer – e sabe – tocar. Desse jeito, essa niteroiense ainda vai arrastar muitas maravilhas.


Veja mais:


  Entrevista com Marcela Biasi: “não passei a vida sonhando com o sucesso”
   Disco:  Arrastando Maravilhas
     Ficha técnica, faixas e compositores

Resenhas relacionadas:

  Arrastando Maravilhas

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções