Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Duas gerações relêem, a seu modo, a velha bossa nova

Divulgação
O carioca Celso Fonseca reverencia a velha bossa nova, mas procurando modernizá-la, dando toques de eletrônica...

Por Felipe Resende e Marcos Paulo Bin

Um, baiano, é considerado o pai da bossa nova. O outro, carioca, é um de seus filhos mais novos, daqueles que, mesmo sendo um pouco rebelde, ao fugir das tradições familiares, é amado por todos. Quase ao mesmo tempo, João Gilberto e Celso Fonseca estão lançando seus novos CDs, In Tokyo e Natural, respectivamente, ambos pela Universal.

Mas essa não é a única semelhança entre o trabalho dos dois. Além do fato de terem nas veias o sangue da bossa nova – lida por um de forma tradicional, e por outro com ares mais modernos, com a incorporação de elementos eletrônicos – João Gilberto e Celso Fonseca hoje mantêm uma bem-sucedida carreira no exterior. Tanto é que o CD do músico baiano foi gravado no Japão, enquanto o do carioca, lançado primeiramente na Europa.

Para completar os pontos em comum, Celso Fonseca fez, de 5 a 15 de junho, uma série de shows no Japão, onde João Gilberto é venerado. A turnê, que já havia passado pela Europa, chega ao Brasil em julho. Confira a seguir uma análise dos dois discos, que a despeito das semelhanças e diferenças, trazem um pouco do que de melhor a música brasileira tem a oferecer. Aqui e lá fora.

Variação de gêneros

Já estão tocando nas rádios duas faixas do mais recente CD de Celso Fonseca: Sem Resposta e The More I See You. As canções, por sinal, dão uma amostra de qual é a linha do disco, o sexto de sua carreira. Tendo como base a bossa nova, o CD ainda tem faixas onde ouvem-se também o groove, o cool jazz (em sua vertente pop) e o emergente “brazilian lounge”, além do samba.

Em The More I See You, música já interpretada por Nat King Cole, o balanço da bossa nova dá uma nova roupagem a este clássico dos oldies. Sem Resposta apresenta-se também em uma versão acústica, como faixa extra do CD. Celso faz voz e vocais, além de tocar violão, guitarra, piano Rhodes, percussão e teclados. Também são dele os arranjos e a programação de Natural.

Outros músicos também se apresentam no CD, todos eles na “faixa certa”, como: Jamil Joanes (contrabaixo), em Sem Reposta; Robertinho Silva, na bateria/percussão de Consolação e de outras três faixas nos gêneros samba e bossa nova; Jorginho Gomes, bateria em Febre; e Jessé Sadock, outro músico muito requisitado atualmente, que cria o clima intimista em Febre. Completam o time de músicos participantes Daniel Jobim (piano), Sacha Amback (teclados e samplers), Duddu Trentin (teclados), Alex Fonseca, Ramiro Mussoto, Jorjão Barreto e Cibelle, do Quarteto em Cy, que canta em She’s A Carioca.

No gênero pop, destacam-se Febre e Sem Resposta. E, nos tempos da MPB remixada, vale lembrar que Celso Fonseca, em Natural, mescla o uso de samplers e outros recursos eletrônicos com a variação de gêneros, soando natural, como diz o próprio nome do álbum, e fazendo música comercial com qualidade. Nesse estilo, destaque para as releituras de The More I See You e She’s A Carioca.

Celso Fonseca também dá espaço para a música instrumental, em Consolação (Baden Powell/Vinícius de Moraes) e Buteco 2. Conhecido por suas parcerias com Ronaldo Bastos – que, ao lado dele, participou do bem-sucedido álbum Juventude/Slow Motion Bossa Nova – Celso apresenta boas composições próprias, como Minha Dalva de Oliveira e Teu Sorriso.


Veja mais:


  O paradoxo de João Gilberto: se repetir sem ser o mesmo
   Disco:  In Tokyo e Natural
     Ficha técnica, faixas e compositores

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções