Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Encontro de bambas no disco ao vivo do Fundo de Quintal

Divulgação/Washington Possato
O Fundo de Quintal, com amigos, num pagode na quadra do Cacique de Ramos. Esse é o clima que permeia o CD e o DVD ao vivo do grupo, que marcam sua estréia na Indie Records

Por Marcos Paulo Bin

As pessoas que lotaram o Olimpo, no Rio, no dia 16 de fevereiro, assistiram a mais de quatro horas de show sem a menor reclamação. Ao contrário, queriam até mais. Não era para menos. No palco, não somente o maior grupo de samba do Brasil, o Fundo de Quintal, como também alguns dos maiores sambistas brasileiros, convidados de Bira Presidente (pandeiro), Ubirani (repique de mão), Sereno (tantã), Mário Sérgio (banjo e voz), Ronaldinho (cavaquinho e voz) e Ademir (bateria) para a gravação de seu primeiro DVD.

O disco audiovisual – que faz parte da série Convida Ao Vivo, da qual já participou Jorge Aragão, e que também ganhou versão em CD – marcou outra estréia para o grupo, a entrada na Indie Records. Para esse feito duplo, o Fundo de Quintal decidiu reviver uma pouco de seus 24 anos de carreira, convidando apenas sambistas (diferentemente de Aragão, que chamou nomes da MPB como Jorge Vercilo e Emílio Santiago) que fizeram parte de sua gloriosa história.

O  palco do Olimpo acabou se transformando num grande encontro de bambas. O Grupo de Quintal gravou praticamente todos os seus sucessos, como O Show Tem Que Continuar, Eu Não Quero Mais, Se Chama Mulher, Parabéns pra Você, Só pra Contrariar, Vai Lá, Vai Lá, Caciqueando e Do Fundo do Nosso Quintal, entre muitas outras. Dividindo os vocais com Mário Sérgio e Ronaldinho, eles escolheram alguns grandes nomes do samba de sua geração, do princípio dos anos 80: os ex-Fundo de Quintal Jorge Aragão, Arlindo Cruz, Sombrinha e Almir Guineto; Zeca Pagodinho, Alcione e Luiz Carlos da Vila. Outros apareceram um pouco antes, casos de Beth Carvalho e Leci Brandão. Nei Lopes e Dona Ivone Lara, os mais antigos no mundo do samba entre os convidados, completam a lista.

“Escolher só sambistas por causa da identificação com a nossa história”, diz Ubirani, lembrando da ausência de Martinho da Vila. “Ele também foi convidado, mas tinha um compromisso.”

Os outros dois convidados têm a ver com a história mais recente do Fundo de Quintal. Um deles é Dudu Nobre, considerado o maior sucessor a geração surgida no Cacique de Ramos. O outro também é sambista, mas de outra praia. Ou melhor, de outro lugar, pois em São Paulo não tem praia. São os Demônios da Garoa, cuja presença foi quase obrigatória, já que, nos anos 90, enquanto estava praticamente esquecido no Rio, o Fundo de Quintal encontrou um grande respaldo em terras paulistas.

“Lá foi nosso maior espaço. Os paulistas têm uma identificação real com o nosso trabalho, um respeito muito grande”, afirma Bira Presidente. “Tudo o que aconteceu em São Paulo foi importante para nós” completa Ubirani.

De volta pra casa

Na gravação do CD/DVD, o clima era de exaltação ao Cacique de Ramos – cuja bandeira, em determinado momento do show, foi estendida atrás do palco – e ao Rio de Janeiro, como ressaltou Dudu Nobre. Isso foi uma pequena mostra de que, com a entrada na Indie Records, o Fundo de Quintal pretende retomar o espaço perdido em sua terra natal.

E isso já está acontecendo. Espertamente, a gravadora escolheu como primeira faixa de trabalho Lucidez, um grande sucesso solo de Jorge Aragão, que gravou a canção junto com o grupo. Além de Aragão já ter uma identificação muito grande entre os cariocas, a música é romântica, bem no estilo que costuma tocar à exaustão nas rádios populares da cidade.

O grupo se mostra feliz com o resultado até agora. “Fizemos bons shows no Canecão, estamos tocando bem mais em rádio. Já mudou totalmente o quadro”, comemora Ubirani. “E os nossos shows estão novamente superlotados”, exalta Bira. Os cariocas dão boas-vindas.


Veja mais:


  Um DVD histórico
  Entrevista com Fundo de Quintal: “tudo que é bonito e de qualidade pode ser dado em doses maciças que a pessoa vai absorver bem”
   Disco:  Fundo de Quintal Ao Vivo Convida
     Ficha técnica, faixas e compositores

Matérias relacionadas:

  Fundo de Quintal recebe a nata do samba em gravação de DVD


Resenhas relacionadas:

  Ao Vivo Convida

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções