Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  A voz sem música e a música sem voz

Divulgação
O Grupo Vocal BR6 foi formado há quatro anos e dedica-se a cantar clássicos da MPB a capela

Por Marcos Paulo Bin

Foi curioso receber, ao mesmo tempo, os dois mais novos lançamentos da Biscoito Fino: Música Popular A Cappella, do Grupo Vocal BR6, e Água de Beber, do Quarteto Maogani. Quem aprecia a boa música brasileira – não necessariamente a antiga, mas aquela “esquecida” pelas rádios e pelas grandes gravadoras – vai se impressionar como um repertório basicamente semelhante pode ser relido de formas completamente diferentes. Enquanto um recria clássicos da MPB sem utilizar um instrumento sequer, o outro faz exatamente o oposto, não explorando praticamente nenhum som além daquele das cordas dos violões.

Criado há quatro anos, o BR6 está lançando seu primeiro disco. O grupo é formado por músicos e arranjadores amigos de longa data que, inspirados em grupos vocais brasileiros como o MPB4 e Os Cariocas e internacionais como o Take 6, decidiram adotar um caminho que, além de nada comercial, é pouco utilizado no Brasil: a música a capela. Até mesmo em sua composição o grupo é diferente: são cinco homens – Deco Fiori (tenor), André Protásio (barítono), Eduardo Braga (barítono), Simô (baixo) e Marcelo Manes (percussão vocal) – e uma mulher, Crismarie Hackenberg (mezzo). Nomes que, embora não sejam conhecidos do grande público, possuem uma refinada formação musical. Simô, por exemplo, também é um exímio violonista, tendo estudado com o mestre Almir Chediak. Hoje ele é aluno de Célia Vaz.

Para seu primeiro trabalho, o BR6 contou com uma produção caprichada, feita pelos próprios integrantes do grupo. O processo de gravação de Música Brasileira A Cappella levou um ano, até que o disco foi levado a Los Angeles, nos Estados Unidos, para ser masterizado. O resultado é belo e surpreendente. Apenas com as vozes, os integrantes do sexteto – Marcelo, principalmente – simulam guitarra, baixo, trombone, flugelhorn e instrumentos de percussão diversos, como bateria (incluindo bumbo, prato etc.), cuíca, tamborim, pandeiro, surdo, tantam e até mesmo apito.

Tributo a Ed Motta

Há algum tempo que Ed Motta faz esse tipo de performance em seus shows. Como se o reverenciasse, o BR6 grava uma música do sobrinho de Tim Maia, Falso Milagre do Amor, famosa como tema do filme “Pequeno Dicionário Amoroso”. É um dos destaques do CD, e a música mais nova do repertório. Os arranjos, de Deco Fiori, também solista, lembram muito o Roupa Nova (esquecendo-se a presença feminina de Crismarie) em seus áureos tempos.

No restante do disco, o grupo bebe principalmente da fonte da bossa nova. Tom Jobim é o nome mais regravado, com Eu Sei Que Vou Te Amar, O Morro Não Tem Vez (parcerias com Vinícius) e Wave. O sexteto ainda relê o clássico O Barquinho, da dupla Menescal e Bôscoli, citando, no meio da canção, outra composição da dupla, Ah! Se Eu Pudesse. Vale destacar a versão que o grupo fez para Eu Sei Que Vou Te Amar, que ganhou uma levada funkeada, cheia de efeitos vocais (são ótimos a “guitarra” e o “baixo”). Mais uma vez o grupo lembra o Roupa Nova, que deu uma roupagem nesse estilo a De Frente pro Crime, samba de João Bosco e Aldir Blanc, em seu mais recente trabalho, Ouro de Minas.

A dupla Bosco/Blanc, aliás, comparece em Música Brasileira A Cappella com outro de seus sambas, Linha de Passe. Nesse estilo também há Upa Neguinho, de Edu Lobo e Gianfrancesco Guarnieri, imortalizada por Elis Regina; e Diz Que Fui por Aí, de Zé Keti, que ficou famosa na gravação de Luiz Melodia. Esta última fecha em grande estilo o disco, que ainda traz Preciso Aprender A Ser Só (Marcos e Paulo Sérgio Valle), Flora (Gilberto Gil), Disfarça E Chora (Cartola e Dalmo Castello) e outras.


Veja mais:


  Quarteto Maogani homenageia Tom e suas influências
   Disco:  Música Brasileira A Cappella e Água de Beber
     Ficha técnica, faixas e compositores

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções