Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Muitas emoções, bicho!

J. Neto posa com o I Troféu UNIVERSO MUSICAL nos bastidores do programa “Gospel Line”, que será exibido pela Rede Record no dia 5 de junho

Por Marcos Paulo Bin

Foi no palco do programa “Gospel Line”, apresentando por Mara Maravilha na Rede Record, que J. Neto recebeu o I Troféu UNIVERSO MUSICAL por Melhor Disco Ao Vivo Gospel de 2003. A entrega foi uma surpresa para o cantor, que, emocionado, beijou o prêmio e agradeceu a Deus pelo dom que Ele lhe deu. O programa foi gravado no dia 15 de maio, e será exibido em 5 de junho, sábado, às 9h.

Após a gravação, nos bastidores, J. Neto conversou com a equipe do UNIVERSO MUSICAL sobre o prêmio. O cantor mostrou gratidão pelo reconhecimento de seu trabalho. “Não esperava ganhar. Fiquei muito feliz”, disse ele.

J. Neto Ao Vivo foi gravado no Teatro da Rede Record, em São Paulo, e lançado pela Line Records em agosto de 2003. O CD traz alguns dos grandes sucessos do cantor ao lado de três canções inéditas: Amor da Minha Vida, Deus Sabe de Você e O Velho Homem, atual faixa de trabalho nas rádios. Foi o primeiro CD ao vivo de J. Neto em 18 anos de carreira. “É, já estava na hora. Pode dizer que esse foi o disco ‘da hora’”, brincou o cantor.

Mas J. Neto revelou que relutou um pouco ao receber o convite da Line para gravar o CD. O motivo é que ele preferia um disco somente com seus sucessos, sem músicas novas. “Para mim não faz existe um disco ao vivo de músicas inéditas. Eu queria gravar só meu passado, tenho repertório para isso. Deixei muitas músicas de fora, algo que não queria. Mas as músicas inéditas são tão boas que eu acabei ficando mais tranqüilo”, disse ele.

De qualquer forma, até que J. Neto conseguiu resumir bem sua carreira nas 15 faixas de Ao Vivo. Pena que dois grandes sucessos tiveram que ser reunidos em pot-pourri: O Meu Senhor Já Estava (Quando Eu Cheguei) e Ele Mesmo Veio. Mas outros hits aparecem em suas versões integrais, como as inesquecíveis Eu Te Amo, Fogo no Altar, É Bonita, Nada Me Separa de Você e Presença, com a participação de Gisele Nascimento.

Rei aprova regravações

J. Neto sempre foi conhecido pela semelhança de sua voz com a de Roberto Carlos. Uma influência que ele nunca escondeu, e que em Ao Vivo é ainda mais explícita. Isso fica claro logo no começo do CD, com o arranjo orquestral de Tuca Nascimento para o pot-pourri instrumental Curas E Milagres/Fogo no Altar. Perguntado se a semelhança com a banda de Roberto foi proposital, J. Neto sorriu e respondeu um “não” meio maroto. “Eu não esperava, mas gostei. Ficou bem com o meu estilo romântico. Não è a toa que o Roberto dá certo até hoje”, disse J. Neto, sorrindo.

Outro fato que liga os dois cantores é a música Jesus Salvador, de Roberto e Erasmo, que J. Neto já havia incluído em seu disco anterior, quando estreou na Line Records. Para o ao vivo, novamente o Rei aprovou a gravação. “No disco anterior, o Roberto pediu para ouvir o repertório inteiro, para ver em que contexto a música dele estava inserida. Ele aprovou naquela época e agora, mais uma vez”, contou J. Neto, orgulhoso.

Mas o que chama a atenção mesmo – e sempre chamou – é a semelhança das vozes. J. Neto – que só conhece Roberto por telefone – diz que nunca forçou a situação, mas não nega a influência do Rei em sua carreira. “É grande, não vou negar. É melhor ser autêntico”, afirma o cantor. “Eu cantei muito na noite. Interpretava também outros cantores, mas as pessoas diziam que ficava bom quando eu cantava músicas do Roberto”, lembra-se J. Neto, ressaltando que prefere as canções antigas do Rei.

Uma delas, especialmente, parece “emocionar” mais o cantor. Ela mesma, Emoções, que, sutilmente, aparece dentro do CD, atrás da contracapa, embaixo do local onde é guardado o disco. Ali está escrito: “J. Neto Ao Vivo – As maiores emoções de uma carreira”. Só faltou o “bicho”.


Veja mais:


  Jamily também recebe Troféu U.M. no palco do “Gospel Line”
   Disco:  J. Neto Ao Vivo
     Ficha técnica, faixas e compositores

Resenhas relacionadas:

  Conquista
  J. Neto Ao Vivo
 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções