Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Samba-funk revigorado

Divulgação
As principais influências do 5 no Brinco são o samba-funk de Jorge Ben Jor e Bebeto.

Por Leisa Ribeiro

Eles chegaram com a intenção resgatar o movimento Black Rio que rolava nos anos 60 no Rio de Janeiro. 5 no Brinco é o nome da banda que é formada por João Sabiá (voz e violão), Filipe Rasta (guitarra e cavaquinho), Diogo Brown (baixo), João Gabriel (percussão) e Gabriel Guenther (bateria).
Eles fazem um estilo consagrado nos subúrbios, completamente renovado e invadindo a Zona Sul. O grupo toca com freqüência em casas noturnas e em um quiosque na beira da Lagoa Rodrigues de Freitas. O vocalista João Sabiá apresentou a banda ao UNIVERSO MUSICAL.

Por que 5 no Brinco?

Isso vem de uma gíria usada pela malandragem carioca na década de 70, que definia um tapa na orelha.

Vocês já tinham um currículo musical solo ou são todos iniciantes?

Todos nós já estudamos e trabalhamos com música há algum tempo. Participamos de outros trabalhos, mas o 5 no Brinco é o ponto em comum entre nós, é onde colocamos nossas energias num mesmo objetivo.

E como foi compor a banda? Quem chegou primeiro e plantou a idéia?

Eu tive a idéia de formar a banda porque sempre gostei muito do samba-rock do Bebeto, do samba-esquema novo de Ben Jor, do samba-soul de Tim Maia e da pilantragem de Wison Simonal. Queria muito montar um trabalho que tivesse como grande influência esse suingue brasileiro e já tinha algumas composições. Aí conheci a rapaziada e o time fechou.

A banda já participou de algum concurso ou festival?

Ainda não.

A influência musical da 5 no Brinco é somente samba-rock?

A nossa influência é a boa música brasileira. Dentro do samba-rock a gente pode flertar com vários ritmos, como o funk de James Brown, o soul de Marvin Gaye, o balanço mais nordestino de Djavan, João Donato etc...

Quantas músicas a banda já tem?

O nosso show tem a duração de aproximadamente uma hora e 15 minutos. Tocamos metade do repertório de composições nossas e metade de releituras de Jorge Ben Jor, Bebeto e Tim Maia. Mas composições nossas é o que não falta e aos pouquinhos a gente vai introduzindo.

Existe uma previsão para lançar um CD?

Por enquanto não. A banda começou em dezembro do ano passado, e ainda estamos chegando, mas essa com certeza é uma meta.

Como tem sido a receptividade do publico durante os shows?

A rapaziada tem gostado muito das apresentações, todos dançam bastante e relembram um pouco da história do nosso balanço. A gente ficou até um pouco surpreso com a receptividade positiva e tão imediata. A banda existe há pouco tempo, mas estamos muito empolgados com os resultados.

Qual é o samba-rock inesquecível que não pode falta na apresentação?

Eu acho que Menina Carolina, do Bebeto, é um clássico.

Como surgiu o Bebeto na vida da 5 no Brinco?

Eu sempre fui fã do Bebeto e um dia ele foi fazer um show no Ballroom. Fui lá antes da apresentação falar com ele, e ele me recebeu superbem e com humildade. Falei que tinha vários discos dele, que tocava suas músicas nos shows e então ele me disse: “vai cantar o que aqui hoje?” Depois dessa, nos tornamos grande amigos e pintaram até algumas parcerias musicais que em breve vão chegar no ouvido da moçada.


 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções