Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Aerosmith de volta às origens

Reprodução
Em Honkin’ on Bobo, Steven Tyler e cia. gravam blues e rock clássicos, de nomes como Willie Dixon e Joe Williams

Por Marcos Paulo Bin

Formado nos anos 70, o Aerosmith se afirmou, ao longo das décadas seguintes, como um dos principais nomes do hard rock mundial, graças a petardos como Mama Kin (de seu LP de estréia, auto-intitulado, de 73), Walk This Way (do terceiro disco, Toys in The Attic, de 75) e Back In The Saddle (do álbum seguinte, Rocks, de 76). Essa fama foi construída principalmente durante a primeira fase do quinteto formado Steven Tyler (voz), Joe Perry (guitarra), Brad whitford (guitarra), Tom Hamilton (baixo) e Joey Kramer (bateria).
Nesses anos, o Aerosmith gravou sete discos inéditos, todos pela Sony, até lançar Rock in A Hard Place, em 82 (já sem Whitford), e separar-se.
O time completo reuniu-se em 84, e foi contrato pelo selo Geffen, da Universal. Durante os anos 80, o rock da banda ganhou toques mais comerciais, em discos como Done with The Mirrors, de 95 (onde se destacava Shame on You), Permanent Vacation, de 87 (Dude (Looks Like A Lady), Angel) e Pump, de 89 (Love in An Elevator, Janie’s Got A Gun), sem, no entanto, perder a fúria e a qualidade.
Bem, a partir de 93, com Get A Grip, seu último disco pela Geffen, o quarteto manteve a qualidade, porém a fúria não era mais a mesma. Embora continuasse fazendo rock, o grupo passou a apostar mais nas baladas, e foram exatamente elas que alcançaram maior sucesso ao longo da década e mantiveram o Aerosmith no topo. Em Get A Grip, mesmo, três babas românticas estouraram: Cryin’, Crazy e Amazing, até hoje alguns dos maiores hits da banda. Até mesmo Livin’ on The Edge, que chegou também a fazer sucesso, não trazia mais as guitarras atormentadas de Perry e Whitford.
Em 97, de volta à Sony, mais um sucesso romântico: Hole in My Soul, gravada em Nine Lives. No ano seguinte, Tyler e cia. atingiam o auge dessa fase, gravando a babada I Don’t Want to Miss A Thing, que, ao lado de outras três músicas do grupo, fez parte da trilha sonora do filme “Armagedon”, com Bruce Willis. O single de I Don’t Want to Miss A Thing foi o único da história da banda a atingir o primeiro lugar na parada americana. O disco de “Armagedon” também foi bem-sucedido, liderando o Top 200 da Billboard e assim permanecendo por duas semanas.

Disco nasceu a partir de turnê com o Kiss

Três anos após Just Push Play, seu último álbum de inéditas, e dois anos depois de ganhar duas coletâneas duplas (com o perdão de tantos “dois”), uma da Sony e outra da Universal, o Aerosmith está de volta dando uma guinada total em sua carreira. Na verdade, é mais do que isso; trata-se de uma volta às origens. O grupo acaba de lançar, também pela Sony, o magnífico Honkin’ on Bobo, no qual relê clássicos do blues-rock.
Perry e Hamilton começaram a carreira formando uma dupla de blues, Pipe Dream, que mais tarde seria a base da Jam Band. Antes de estourar, esse era o gênero mais tocado pelo Aerosmith nas apresentações em bares e universidades, e o acompanhou em seus discos nos anos 70.
Gravar um disco como Honkin’ on Bobo era um sonho antigo da banda. Mas isso só começou a se concretizar em 2003, durante a megaturnê que Tyler e cia. fizeram com o Kiss. Nos shows, o Aerosmith sempre tinha um set especial de blues, no qual tocava pérolas como Stop Messin’ Around, clássico do Fleetwood Mac (do disco Mr. Wonderful, de 68) gravado também por Gary Moore; e Baby, Please Don’t Go, que Joe Williams compôs para seu LP Them, de 64, e que ganhara uma versão do AC/DC.
As duas músicas comparecem em Honkin’ on Bobo em versões fantásticas; Stop Messin’ Around, com Perry nos vocais, é uma das melhores faixas do disco. O álbum traz ainda outras 10 canções, azeitadas com instrumentos como harmônica, gaita, piano e órgão Hammond.



Veja mais:


  Grupo inclui canção inédita no disco
   Disco:  Honkin’ on Bobo
     Ficha técnica, faixas e compositores

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções