Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Zomba lança coletânea de Bruce Dickinson

Divulgação
A coletânea The Best of Bruce Dickinson inclui músicas do CD Scream for Me Brazil, gravado ao vivo no país em 1999
Entre 1993 e 1999, Bruce Dickinson deixou os vocais do Iron Maiden para se dedicar à carreira solo. Os melhores momentos desse período – que engloba os discos Balls to Picasso (94), Alive in Studio A (95), Skunkworks (96), Accident of Birth (97), The Chemical Wedding (98) e Scream for Me Brazil (99) – estão na coletânea The Best of Bruce Dickinson, lançado pela Zomba, que inclui ainda faixas do álbum Tattooed Millionaire – gravado quando ele ainda estava na Donzela de Ferro, em 90 – e duas inéditas: Broken (ótima) e Silver Wings. O disco todo é bom, mas, se é para escolher algumas faixas, destaque para Born in ’58, mais levada para o pop-rock, a balada Tears of The Dragon, as clássicas Tattooed Millionaire e Chemical Wedding e as iradas Accident of Birth, Back from The Edge e Book of The Thel, do disco Scream for Me Brazil, gravado ao vivo no país, com direito a “olê olê, Brucê, Brucê”. No CD, Bruce conta com a participação de um outro ícone do metal, o guitarrista Adrian Smith.
Nesta coletânea da Zomba Records, fica claro como o vocalista do Iron Maiden e a própria banda influenciaram os grupos de new metal que fazem sucesso no momento. Grande pedida para os fãs do gênero.

Músico e aviador

Paul Bruce Dickinson nasceu no dia 7 de agosto de 1958, em Worksop, Nottinghamshire, na Inglaterra. Filho de pais adolescentes, foi criado por seus avós, e desde cedo começou a se interessar pela música. Aos 13 anos, ele escutou pela primeira vez o disco In Rock, do Deep Purple, que se tornaria sua principal influência. Em 1981 Bruce entra para o Iron Maiden, lançando o primeiro disco com a banda, The Number of The Beast, no ano seguinte. Em 1993 ele deixa a banda para se dedicar à carreira solo, entrando Blaze Bayley em seu lugar. Em 1999 decide voltar, gravando o álbum Scream for Me Brazil.
Em 2001, o Iron Maiden volta ao país e faz um dos melhores shows do Rock in Rio III, que acaba virando um antológico CD duplo. Atualmente, além de excursionar com o Iron Maiden divulgando o disco, Bruce Dickinson tem se dedicado a outra paixão: a aviação. Nas horas vagas, o roqueiro, que tirou o brevê na década passada, costuma pilotar um Boing 737 em vôos comerciais que partem da Inglaterra.


Veja mais:


   Disco:  The Best Of Bruce Dickinson
     Ficha técnica, faixas e compositores

Resenhas relacionadas:

  Scream for Me Brazil
 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções