Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Guerreiros da Tribo. Da Tribo de Jah

Reprodução
Em seu 10º disco, Guerreiros da Tribo, a Tribo de Jah reafirma-se como uma das grandes forças do reggae nacional. “Não somos mais um fenômeno de verão”, diz o vocalista Fauzi Beydoun

Por Leisa Ribeiro

Após o disco Ao Vivo 15 Anos, a Tribo de Jah voltou ao estúdio e agora está lançando seu novo trabalho, Guerreiros da Tribo, o 10º de sua discografia. Em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, o vocalista Fauzi Beydoun afirmou que o CD confirma o papel de destaque do grupo dentro do cenário do reggae nacional. “As gravadoras têm dificuldades de despertar para o reggae. Mas somos uma banda com bases firmes e não mais um fenômeno de verão”, disse o vocalista e compositor de quase todas as canções do novo CD. No mês passado, a Tribo participou do Maranhão Roots Reggae Festival, em São Luís, onde cantou para 30 mil pessoas. “O Maranhão é conhecido como a Jamaica brasileira”, completou.
Para quem não conhece a Tribo de Jah, uma das mais importantes bandas de roots reggae do cenário nacional, ela nasceu do encontro de uma banda da Escola de Cegos do Maranhão, quando cinco músicos cegos realizavam shows nos bailes populares de São Luís e em outras cidades do interior do estado. Acompanhando-os estava o radialista Fauzi Beydoun, nascido em São Paulo e aficionado pela cultura reggae.
“Os oito primeiros anos da Tribo foram muito difíceis, fazíamos turnê no sertão, no interior da Amazônia, na caatinga. E eu já achava o máximo fazer essas turnês, apesar de ser de ônibus. Aos poucos fomos conquistando nosso espaço e hoje podemos contar viagens surpreendentes, como a que fizemos para Boston. A casa de show estava lotada e com muitos brasileiros presentes. Também tivemos ótima aceitação em Nova York”, contou, animado, Fauzi, que já contratou um produtor para tratar dos interesses da Tribo no exterior.
Durante a entrevista, Fauzi falou um pouco da origem do reggae e da boa aceitação dos músicos brasileiros pelo mundo. “O reggae surgiu na Jamaica através das rádios caribenhas e do blues, mas só ganhou nome no fim década de 60. Mas não importa o que o Brasil produza, artisticamente o país é muito bem recebido no exterior”, afirmou o compositor, que, completando 16 anos com o grupo, participa de quase todos os grandes festivais de reggae do mundo. Para ele, essa aceitação acontece porque “gringo” gosta do que é alegre e envolvente, e essas são duas características muitas bem representadas pela música brasileira.


Banda prepara disco com convidados internacionais

A música de trabalho do novo disco é Rainha da Sedução, que está sendo executada por emissoras de rádio de todo país. “Essa é a música de trabalho que a gravadora escolheu, mas quem quiser tocar qualquer uma eu agradeço”, brincou o compositor, que não concorda com as críticas de que o som do grupo está mais pop. “Estamos apenas conquistando e ampliando nossos horizontes”.
No Maranhão o reggae é dançado agarradinho, diferentemente do que acontece em outras regiões. Talvez por misturar essas duas tendências é que a Tribo sofreu críticas quanto aos seus últimos trabalhos. “Sempre tem alguém para atirar pedra na vidraça”, ressaltou Fauzi.
Mas isso não incomoda o músico, que já tem planos para o próximo trabalho da Tribo de Jah. Animado, ele falou sobre um cd que deve ser gravado no exterior e que vai contar com grandes nomes da música internacional como convidados. Isso deve acontecer depois do carnaval de 2004, quando a banda viaja em turnê para a Europa.
O ideal de todos os trabalhos da Tribo é resgatar elementos da cultura maranhense e transpô-los para outros estados e países sem esquecer das canções que tratam de ações sociais, da realidade do povo nordestino, e, como não poderia faltar, de temas bem românticos para dançar coladinho. Sem dúvida, esse era o lançamento mais esperado do reggae nacional neste ano. Boa sorte aos grandes guerreiros brasileiros.



Veja mais:


  Guerreiros da Tribo: até quando erra vocalista sobra na turma
   Disco:  Guerreiros da Tribo
     Ficha técnica, faixas e compositores

Matérias relacionadas:

  Tribo de Jah regrava clássicos do rock e do reggae no CD In Version

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções