Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  CD e DVD imortalizam o Tom sinfônico

Mario Adnet (à esq.) e Paulo Jobim no concorrido coquetel de lançamento do CD e DVD Jobim Sinfônico. Além de idealizarem os discos, os dois tocam violão ao lado da Osesp
Em um mesmo dia, a Rua Dias Ferreira, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro, viveu duas emoções completamente diferentes. De amanhã, aconteceu no local a gravação da polêmica cena em que a personagem Fernanda (interpretada por Vanessa Gerbelli), da novela “Mulheres Apaixonadas”, morre atingida por uma bala perdida. À noite, na livraria Argumento, um concorrido coquetel marcou o lançamento do CD duplo e do DVD Jobim Sinfônico, da gravadora Biscoito Fino.
No disco, 70 componentes da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), sob a regência do maestro Roberto Minczuk, interpretam 23 composições do Maestro Soberano da MPB, adaptadas pelos músicos Mario Adnet e Paulo Jobim, filho de Tom. Os dois fizeram uma pesquisa de dois anos nos arquivos do Instituto Jobim, onde encontraram várias partituras manuscritas pelo próprio Tom, por Claus Ogerman, Eumir Deodato, Nelson Riddle e Dori Caymmi, muitas delas ainda não adaptadas para orquestra. A complexidade das peças gerou dificuldades na gravação, que teve de ser feita em dois dias, 9 e 11 de dezembro de 2002, na Sala São Paulo.
“Não foi fácil gravar o disco, pois depois dos concertos tivemos que revisar nota por nota”, disse Mário Adnet, no coquetel, entre um autógrafo e outro. Também muito requisitado, Paulo Jobim reconheceu as dificuldades da gravação, mas preferiu ressaltar o bom resultado obtido. “Foi um prazer muito grande mexer nesse material. Muitas coisas eu só conhecia lendo, mas com a orquestra tocando é outra coisa”, disse ele.
Diretora artística e uma das sócias da Biscoito Fino, a cantora Olivia Hime não conseguia esconder a alegria pelo lançamento do CD e do DVD. “Pessoalmente, lançar um disco com a obra de Tom Jobim é a maior alegria musical que eu poderia ter”, afirmou Olivia, amiga muito próxima de Tom. A alegria de Olivia aumentou ainda mais quando foi informada que, há poucas semanas nas lojas, o erudito Jobim Sinfônico já está entre os 100 discos mais vendidos segundo o instituto de pesquisa Nopem, figurando no meio de diversos CDs populares. A explicação, para ela, é simples.
“Músicos como Tom, Francis (Hime) e Radamés (Gnatali) furam o bloqueio entre o popular e o erudito. A verdade é que música boa não tem fronteira; o público entende isso e compra.”


Discos serão referência para orquestras

Além de produzirem Jobim Sinfônico, Mário Adnet e Paulo Jobim tocam violão com a Osesp. A orquestra é ainda reforçada por uma banda formada pelos
Divulgação
O maestro Roberto Minczuk comanda a Osesp, que levou 70 integrantes para a gravação do CD/DVD
músicos Marcos Nimrichter, Zeca Assumpção e Duduka da Fonseca; os instrumentistas Léa Freire, Paulo Guimarães, Nailor Proveta, Teco Cardoso, Benjamim Taubkin; e, no coro, Jurema de Cândia, Cecília Spyer, Maúcha Adnet e Muíza Adnet, as duas últimas também intérpretes, ao lado de Milton Nascimento.
O repertório mistura músicas conhecidas e desconhecidas do repertório de Tom. Orfeu da Conceição, de quatro movimentos (Overture, Macumba, Modinha e Se Todos Fossem Iguais A Você, com Milton Nascimento nos vocais) marcou a estréia da parceria entre Tom Jobim e Vinícius de Moraes. Brasília, Sinfonia da Alvorada, também de quatro movimentos (O Planalto Deserto, O Homem, A Chegada dos Candangos e O Trabalho E A Construção), foi uma encomenda do presidente Juscelino Kubitschek à dupla para a festa de inauguração da capital federal, em 1961, mas a sinfonia só foi lançada depois, em um disco com pequena tiragem e em duas execuções públicas: em 1966, na TV Excelsior de São Paulo, e em 1986, na Praça dos Três Poderes. Outra música de quatro movimentos é A Casa Assassinada (Trem para Cordisburgo, Chora Coração, O Jardim Abandonado e Milagres E Palhaços), que foi composta para o filme de Paulo César Saraceni, de 1973.
Entre os sucessos, destaque para Matita Perê, também interpretada por Milton Nascimento; A Felicidade, cantada por Maúcha Adnet; e Garota de Ipanema, num arranjo instrumental de Eumir Deodato feito exclusivamente para o filme homônimo. Há também duas inéditas: Lenda, composta em 1954 para o programa “Quando Os Maestros Se Encontram”, da Rádio Nacional, e Prelúdio, escrita por Tom em homenagem ao também pianista Evandro Rosa, amigo de juventude e colega nas aulas com a professora Lúcia Branco. A música foi cedida pelo próprio Rosa, depois de vasculhar seus arquivos pessoais atrás das partituras perdidas. O pianista dá uma entrevista no DVD, que traz ainda depoimentos de Mario Adnet, Paulo Jobim e do maestro Roberto Minczuk, com imagens do making of do concerto e dos ensaios.
Agora, com a obra sinfônica de Antonio Carlos Jobim registrada em CD e DVD, Mário Adnet e Paulo Jobim pretendem que as orquestras de todo o mundo tenham nos discos uma referência para executar as músicas de Tom. Com isso, a genialidade do Maestro será ainda mais divulgada e seu legado, imortalizado nos quatro cantos do mundo. A música brasileira agradece.



Veja mais:


   Disco:  Jobim Sinfônico
     Ficha técnica, faixas e compositores

Matérias relacionadas:

  Selo Jobim Biscoito Fino relança em CD simples o histórico Tom Jobim Inédito
  CD duplo Fotografia reúne sucessos e raridades de Tom Jobim
  Disco póstumo recupera show de Tom Jobim só em voz-e-piano


Resenhas relacionadas:

  Em Minas Ao Vivo – Piano E Voz
 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções