Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Madureira chorou

Em entrevista ao U.M. em 2002, Rogério Pique (ao centro) pareceu ser uma pessoa tímida, apesar de bem-humorada
Galeria de fotos
Na música Estrela de Madureira (Acyr Pimentel e Cardoso), o sambista Roberto Ribeiro faz uma homenagem ao boêmio recanto do “subúrbio da Central”, berço do samba carioca, das escolas Portela, Império Serrano e Tradição. Mas no dia 30 de julho o bairro perdeu um pouco de seu charme. Exatamente um sambista, o violonista do Pique Novo, Rogério Pique, de 30 anos, voltava de um show no Scala, no Leblon, na Zona Sul da cidade, quando, por volta das 5h30, seu Vectra branco foi interceptado por um Passat ocupado por três bandidos. Acompanhado do companheiro de banda Renatinho, Rogério não reagiu, mas quando descia do carro levou um tiro no olho. O músico ainda foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 7h45. Segundo testemunhas, Rogério – que deixa esposa, uma filha de 4 anos e um filho de 9 – teria levado mais de uma hora para ser atendido.
A morte de Rogério Pique faz parte de uma infeliz coincidência que tem acometido pessoas ligadas à música: crimes ou acidentes envolvendo carros, sempre no Rio de Janeiro. Primeiro foi o produtor Almir Chediak, morto dentro de seu Pajero em 25 de maio na cidade fluminense de Petrópolis, após ser seqüestrado junto com a namorada, que nada sofreu. No dia 22 de julho, o guitarrista da banda de pop-rock gospel Catedral, José Cezar Motta, levava a esposa e os dois filhos da Baixada Fluminense para um shopping da Barra da Tijuca quando uma roda se desprendeu de um Monza na pista oposta da Linha Vermelha e o atingiu. Como Rogério, José Cezar chegou a ser socorrido no hospital, mas não resistiu e morreu logo depois. Outro ponto em comum entre eles é a cidade de Nilópolis, onde moravam.

Grupo vivia seu melhor momento

A morte de Rogério Pique acontece no auge do Pique Novo. Em 2002, o grupo completou 10 anos de carreira e, para comemorar, lançou o CD Pique Novo Ao Vivo 10 Anos, seu segundo álbum pela Sony, que recentemente atingiu a marca de 100 mil cópias vendidas, ganhando disco de ouro. O CD traz grandes sucessos dos três álbuns anteriores do grupo, como Todo Mundo Sabe, Vai Babar, Tô Carente, Meu Bem e Chega de Sofrer; as inéditas Uma Estrela (grande sucesso nas rádios em 2002), Casamento Ou Gandaia e Apaixonado Estou; e as releituras de Eu Menti (Grupo Razão Brasileira), É Tanta (Só Preto sem Preconceito) e Lero-Lero (Grupo Pirraça). A faixa Eu Tenho Muito Mais conta com a participação do pagodeiro Vavá. Este ano, o Pique Novo retribuiu: Rogério assina duas faixas do novo CD do ex-vocalista do Karametade, Tô Chegando: Você É Minha Metade e O Que Já Está Escrito.
Quando o Pique Novo lançou seu último álbum, o Universo Musical foi convidado para fazer uma entrevista exclusiva com o grupo, na sede da gravadora Sony, no Rio. Formado por mais de meio time de futebol (são sete integrantes, fora os músicos contratados), o grupo levou apenas três componentes para o belo prédio da Sony, que fica em frente ao Pão de Açúcar: o vocalista Liomar, o cavaquinista Cesinha e Rogério. A principal característica da entrevista – que ainda rendeu fotos exclusivas, que você no próximo link – foi o bom humor, o que pode ser conferido nas poses das fotos. Dos três, Rogério era o mais tímido.
Muito à vontade, os músicos contaram a história da banda e falaram sobre o assédio das fãs e a fama – que pôde ser percebida na gravação do disco ao vivo, que superlotou a quadra da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis. Uma fama, é verdade, ainda restrita na época ao Rio e a São Paulo, fato que o grupo pretendia mudar com o lançamento do disco. “O CD Pelas Ruas (o segundo do grupo, de 99) tocou em vários lugares do país, e São Paulo hoje nos recebe de braços abertos. Mas ainda buscamos uma consagração nacional, e esperamos que este CD faça jus a isso”, disse Liomar.
Clique aqui e confira a matéria que fizemos em 2002 sobre o lançamento de Ao Vivo Dez Anos.


Veja mais:


  Gravadora Sony distribuiu nota lamentando morte de músico






Matérias relacionadas:

  Dez anos de Pique Novo


Resenhas relacionadas:

  Ao Vivo Vol. 2
 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções