Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Romantismo que esbarra na tradição

Divulgação
O cantor J. Neto prepara um CD só com músicas românticas, depois do sucesso de uma canção incluída na trilha da novela “Essas Mulheres”

Por Marcos Paulo Bin
16/07/2005


A música romântica realmente caiu no gosto do povo evangélico. Prova disso é que as gravadoras têm investido bastante em discos com canções que falam de amor. Se antes elas estavam restritas a uma ou duas faixas em meio aos louvores, hoje ocupam discos inteiros.

A continuação das coletâneas de músicas cristãs românticas comprova a força que esses discos vêm ganhando no mercado gospel. A MK Publicitá foi a pioneira nesse formato, quando lançou, há 11 anos, a série Amo Você. A reação de boa parte do público foi adversa, no início, mas o projeto ganhou fôlego e desde então nunca mais parou, tendo sempre lançamentos anuais.

O CD Amo Você Vol. 11, que traz músicas de alguns dos principais nomes da MK Publicitá, foi lançado em junho, mês dos namorados e também da Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Em 2005, a gravadora inovou ao lançar o disco acompanhado de um livro de poesias escritas pelos artistas que participaram do CD e também por outros cantores e compositores de seu cast.

Outra novidade está no fato de esta 11ª edição ser praticamente uma “coletânea de músicas inéditas”, utilizando uma expressão do roqueiro Maurício Negão, já que 15 das 17 canções nunca haviam sido gravadas. Uma delas é Deus Quis Assim, que marca a estréia da dupla Marquinhos Menezes, ex-integrante do grupo Rhemajireh, e Lílian Azevedo, fonoaudióloga que entrou no Grupo Voices no lugar de Jozyanne. Casados, eles lançam em breve seu primeiro disco juntos.

Em termos gráficos e editoriais, o projeto da MK é o mais bem-realizado neste segmento. O encarte de Amo Você Vol. 11 traz fotos de todos os artistas participantes, identificando-os ao lado das músicas que interpretam, e informações técnicas completas sobre as faixas, incluindo o estúdio onde foram gravadas, os produtores, arranjadores e músicos.

A Line Records também aposta nas estrelas de seu cast na terceira edição da coletânea Terapia do Amor Nacional. O disco é mais tradicional se comparado ao da MK: 11 das 12 faixas já haviam sido registradas pelos artistas em seus próprios discos. A exceção é J. Neto, que repete a música Uma Chance em Mil, gravada especialmente para a trilha sonora da novela “Essas Mulheres”.

Já a Zekap vale-se principalmente de fonogramas de outras gravadoras para o seu o Coração Romântico Vol. 3. De seu atual cast, há apenas uma artista entre as 10 faixas: Aline Santana, cantando Dois Se Tornam Um.

O maior diferencial do CD é conter músicas internacionais. Kenny Rogers, conhecido também no mercado popular americano, comparece com To Me, faixa de um disco distribuído no Brasil pela BV Films. E o francês Chis Durán, da Topgospel, que mora no Brasil há alguns anos, canta I Believe.

Música fala de desilusão amorosa

Embora tenha avançado em relação a um passado recente, a música romântica cristã ainda esbarra no tradicionalismo e no lugar-comum. A maioria das músicas dos três discos citados acima fala de amores idealizados, em que o artista agradece a Deus a dádiva de ter encontrado o marido ou a mulher certo(a). Algo que, na prática, nem sempre se confirma.

Mas há exceções. Em Amo Você Vol. 11, Fernanda Brum e Eyshila cantam uma música que fala sobre amizade (Canção para Minha Amiga). O mesmo assunto é abordado por Kleber Lucas em Do Amor Nunca Se Desiste, um pop-rock de melodia envolvente e letra inteligente.

A faixa que mais surpreende, no entanto, vem de Léa Mendonça, que fala de desilusões amorosas em Tanto Amor. Autora da música, Léa parece falar de traição nos versos “Jamais imaginei que pudesse ouvir/ De quem eu tanto amo um triste adeus/ Durante muito tempo era só eu/ Que ocupava seu coração/ Mas certo dia eu me procurei no seu olhar/ E não encontrei”. É realmente uma surpresa para um mercado tão conservador.

E por falar em quebra de tradição, alguns artistas começam a lançar, sozinhos, álbuns inteiros dedicados ao romantismo. A dupla sertanejo-pentecostal Rayssa & Ravel, da MK, lançou recentemente Apaixonando Você, somente com canções de amor. O cantor J. Neto, embalado pelo sucesso de Uma Chance em Mil na trilha da novela “Essas Mulheres”, também prepara o seu CD romântico. Segundo a gravadora Line Records, o lançamento será ainda em 2005.


Veja mais:


  Confira o repertório dos CDs

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções