Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Talento precoce

Em seu segundo CD, Rodrigo Faro investe em músicas românticas e dançantes e em soul music, estilo em que se sai melhor
Galeria de fotos
Paulista de 28 anos, Rodrigo Faro começou cedo a vida artística. Aos 8 anos, participou de seu primeiro espetáculo musical, “Peter Pan”, no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), de São Paulo, atuando e cantando. Em 1982, fez um teste e foi aprovado para substituir Afonso no grupo Dominó. Já em 1996 foi selecionado para participar da Oficina de Atores da Globo, deixando a música de lado. Participou de inúmeras novelas, interpretando papéis importantes como o Beraldo de “A Indomada” (1997), o Bruno de “Malhação” (1998), o Heitor de “O Cravo e a Rosa” e o Periquito de “A Padroeira” (2001/2002), que lhe trouxe uma empatia muito grande junto às crianças. Mas o público infantil não era novidade para ele, que, em 1999, retomaria a paixão pela música ao gravar com Angélica a faixa Meu Herói no disco Angel Hits & Amigos, lançado pela Sony. Enquanto gravava, o produtor Michael Sullivan ligou para Ronaldo Vianna, diretor artístico da Sony, e disse: “você tem que contratar esse cara!”. No ano seguinte, Rodrigo Faro lançava seu primeiro CD solo, auto-intitulado, que teve boa repercussão: a música Não Diga Nada chegou a tocar bem nas rádios e Você É Meu Destino foi incluída no segundo CD com as músicas da novela “Terra Nostra”.
Quando Rodrigo voltou à telinha, para gravar “O Cravo e a Rosa”, o CD foi deixado de lado pela gravadora, pois o ator-cantor não teria mais tempo de divulgá-lo pelo país. Mas ele queria voltar à música e, citando como exemplo máximo Fábio Júnior, conseguir conciliar as carreiras de ator, cantor e apresentador (Tony Garrido o substituiu à frente do programa “Fama” porque a TV Globo quis dar prioridade à sua participação na novela “A Padroeira”). Mas em 2002, depois de um contato com Sérgio Saraceni, produtor musical de “A Padroeira”, Rodrigo foi chamado para gravar um disco pela recém-criada gravadora Radamés Music. Surgia assim Chão de Estrelas, disco que traz muitas canções assinadas por Sérgio e seu sócio, o experiente compositor Ronaldo Monteiro de Souza, parceiro de músicos como Ivan Lins e Paulo César Barros.

Soul music é o caminho

Em Chão de Estrelas, Rodrigo avança bastante em relação a seu CD anterior, não só na voz, mas principalmente na escolha do repertório. Fã de Cassiano, Tim Maia, Stevie Wonder, Caetano Veloso e Roberto Carlos, Rodrigo Faro mistura bem suas influências em Chão de Estrelas, saindo-se melhor quando passeia pela soul music. Suas leituras para os clássicos Coleção e A Lua E Eu, de Cassiano e Paulo Zdanowski, são ótimas, assim como a versão para o hit Cada Um Cada Um (A Namoradeira) – sucesso nos anos 80 com o “Príncipe da Soul Music”, Cláudio Zoli, considerado sucessor de Tim Maia e do próprio Cassiano –, melhor até que as duas primeiras. O cantor só escorrega um pouco nas canções românticas, não por erro ou incapacidade, mas pelas letras, que, em alguns casos, chegam a ser melosas demais.
Dono de uma bela voz e um bom suingue, Rodrigo tem tudo para se firmar como um bom cantor de soul music, quem sabe até ser o sucessor de Cláudio Zoli, caso siga apostando no gênero. Nesse caso, o caminho para o sucesso pode ser um pouco mais longo, ou mesmo nem chegar, mas Rodrigo terá encontrado seu espaço na música e poderá lançar discos mais homogêneos.


Veja mais:


  Rodrigo Faro em busca da fama... como cantor!
   Disco:  Chão de Estrelas
     Ficha técnica, faixas e compositores



 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções