Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Entrevista com Aline Barros: “as coisas estavam caminhando na AB Records, mas eu precisava de mais”

Mike Martinelli/Divulgação
Aline Barros diz que recebeu propostas de várias gravadoras e que orou muito antes de aceitar a da MK Publicitá. “Vir para a MK foi uma resposta de Deus”, afirma a cantora
Por Marcos Paulo Bin

O UNIVERSO MUSICAL foi o primeiro veículo – fora os que pertencem ao Grupo MK de Comunicação – a entrevistar Aline Barros após a assinatura de seu contrato com a MK Publicitá. Na conversa, feita na sede da gravadora, no Rio, momentos após a assinatura, a cantora fala sobre os motivos que a levaram a trocar a AB Records pela MK, os anos que passou na gravadora de seu pai e os planos para o futuro.
Confira na íntegra a entrevista exclusiva.

Há quanto tempo você vinha conversando com a MK?

As conversas vêm desde o ano passado. Recebi propostas de outras gravadoras também, mas tudo o que faço é sob oração. Vir para a MK foi uma resposta de Deus. Creio que minha passagem por aqui será uma bênção. Este vai ser o ano da virada. Vou procurar dar o meu melhor.

Quando você fala em “ano da virada”, quer dizer que estava insatisfeita com sua carreira?

Você nunca pode achar que está bem; deve sempre almejar o melhor. As coisas estavam caminhando na AB Records, mas eu precisava de mais. Orei muito para tomar esta decisão, pois eu sempre trabalhei em família. Mas creio que está nascendo um novo tempo em minha carreira. Já me sinto em casa. Hoje foi um dia muito feliz.

Todos os seus discos foram lançados pela AB Records?

Somente o primeiro e os dois em espanhol que não. A AB Records foi uma grande bênção em minha vida. Ela foi criada para dar suporte à minha carreira. Meu pai sempre esteve comigo. Se hoje tenho uma carreira internacional, é graças ao meu pai. Agradeço muito a Deus pela vida dele.

Como ficará a gravadora, agora, sem você?

Todo o meu catálogo continuará pertencendo à AB Records, não virá para a MK. E a gravadora continuará existindo e sendo abençoada por Deus.

Na AB Records, você era a estrela principal. Agora, na MK, terá que dividir o espaço com outros grandes artistas. Como você espera ser tratada aqui?

Eu acho que cada um tem o seu espaço. Não quero tomar o espaço de ninguém; não estou aqui por isso. Vim para a MK porque quero promover mais o reino de Deus e porque sei que aqui posso ir muito mais longe. Conheço a Fernanda Brum desde os tempos da Vila da Penha, respeito muito o trabalho da Cassiane, da Alda Célia. Não preciso ter vaidade. Aliás, peço a Deus que nunca permita que eu tenha esse tipo de sentimento.

Mas você reconhece que esta é uma situação nova para você?

É uma situação nova, mas não me preocupo. Eu já tenho o meu espaço.

Quando você pretende lançar seu primeiro disco pela MK?

Ele deve sair no final do ano.

Você já tem músicas prontas?

Tenho algumas em mente, mas quero fazer o melhor. Vou pesquisar mais o repertório. Tenho certeza que Deus vai me direcionar.


Veja mais:


  Aline Barros é aplaudida de pé em seu retorno à MK Publicitá


Matérias relacionadas:

  Aline Barros retoma carreira infantil e prepara 3º CD para as crianças
  Aline Barros grava CD ao vivo e concorre ao Grammy
  Os planos da mamãe Aline Barros para 2003


Resenhas relacionadas:

  Som de Adoradores – Ao Vivo

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções